App Sympla
Baixe agora

Workshop Internacional de Inovação na Educação Profissional

O evento já encerrou...

Ver evento

explore outros eventos como esse

Evento encerrado

Workshop Internacional de Inovação na Educação Profissional

IFPB - Campus João Pessoa - João Pessoa, PB
09 de dezembro de 2015, 08h - 11 de dezembro de 2015, 18h

Inscrição

Voluntário - Estudante
Grátis
Inscrições até 08/11/2015
Encerrado
Professores (Geral) - Oficina 2
Grátis
Inscrições até 29/11/2015
Encerrado
Professores (Geral) - Oficina 4
Grátis
Inscrições até 29/11/2015
Encerrado
Professores (Geral) - Oficina 5
Grátis
Inscrições até 29/11/2015
Encerrado
Professores (Geral) - Oficina 7
Grátis
Inscrições até 29/11/2015
Encerrado
Professores (Geral) - Oficina 8
Grátis
Inscrições até 29/11/2015
Encerrado
Professores (Geral) - Oficina 9
Grátis
Inscrições até 29/11/2015
Encerrado
Professores (Geral) - Oficina 11
Grátis
Inscrições até 29/11/2015
Encerrado
Professores (Geral) - Oficina 12
Grátis
Inscrições até 29/11/2015
Encerrado

Descrição do evento

NOVO: EVENTO ESTÁ ABERTO A INSCRIÇÕES DE PROFESSORES, PEDAGOGOS E GESTORES DE OUTRAS REDES (UNIVERSIDADES, REDES ESTADUAIS, REDES MUNICIPAIS, SISTEMA S, etc.). INSCRIÇÕES NOS LINKS 'PROFESSORES (GERAL)' AO LADO.

PARA PROFISSIONAIS DA REDE FEDERAL, INCLUINDO IFPB: VOCÊS AINDA PODEM SE INSCREVER, UTILIZANDO O MESMO LINK "PROFESSORES (GERAL)" AO LADO.

INSCRIÇÕES PARA VAGAS REMANESCENTES ATÉ 29/11/2015

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO - CLIQUE AQUI


Ao se inscrever em uma determinada OFICINA (ao lado), você estará inscrito em todo o Workshop!

Durante a inscrição é possível submeter dois tipos de trabalhos: RELATO DE EXPERIÊNCIAS e DESCRITIVO DE MATERIAL DIDÁTICO.

Vejam DETALHES no texto abaixo!


Workshop Internacional de Inovação na Educação Profissional tem como principal objetivo disseminar experiências vivenciadas por professores da Rede Federal que participaram das duas edições do Programa Professores Para o Futuro – Finlândia (I e II), para os demais professores, pedagogos e técnicos em assuntos educacionais.


Oficina 1: E-Learning: Metodologias e Ferramentas na Educação

Objetivos: discutir a inserção de ferramentas de e-learning no ensino presencial, apresentando alguns exemplos.

Facilitadores: Profs. Joelma Kremer, Gustavo Prado, Marcos Balduíno, Damione Damito e Sávio Felipe


Oficina 2: Aprendizagem Baseada em Problemas (PBL) na Educação Profissional

Objetivos: Estimular a aplicação de PBL na educação profissional: discussão sobre vantagens e dificuldades.

Facilitadores: Profs. Daniel Beck, Marcelo Hatugai e Renato Souza


Oficina 3: Aprendizagem Baseada em Projetos (PrBL) na Educação Profissional

Objetivos: Apresentar aspectos da Aprendizagem Baseada em Projetos (PrBL) na educação profissional, com propostas práticas.

Facilitadores: Profs. Giani B. Bohm, Regina Carvalho, Fernando Pacheco e Suzana da Hora Macedo


Oficina 4: Empreendedorismo em ambientes de educação profissional

Objetivos: Apresentar aspectos do empreendedorismo na educação profissional, com propostas práticas.

Facilitadores: Profs. Fabricio Sobrosa, Fabiana Augusta, Ricardo Dematte, Cynthia Matosinhos 

Oficina 5: Aumentando a Interação Escola/Empresa com a Pesquisa Aplicada

Objetivos: Apresentar aspectos de como aumentar a interação escola/empresa, com propostas práticas.

Facilitadores: Profs. Juliano Toniolo, Sheyla Marques, Vico Mendes, José Pinheiro Q. Neto e João B. Conti


Oficina 6: Metodologias de Avaliação na Educação Profissional

Apresentar metodologias de avaliação embasadas no modelo finlandês e demonstrar sua aplicabilidade no contexto educacional brasileiro.

Facilitadores: Profs. Ricardo Miguez, Rodrigo Sislian e Daniel Coelho


Oficina 7: Mobile Learning: Design de Atividades para o Celular em Sala de Línguas.

Objetivo: Existem vários designs de atividades, usando o celular, que podem inovar e enriquecer o ensino de línguas materna ou estrangeira. Os participantes da oficina vivenciarão a construção e aplicação de atividades para o uso da tecnologia móvel em geral, e do celular, em particular. Além da vivência serão apresentados casos práticos e resultados obtidos em várias aplicações coordenadas ou orientadas pelos facilitadores.

Facilitadores: Profs. Giselda Costa e Fabio Fernandez


Oficina 8: Uma Perspectiva Didática sobre Jogos

Objetivo: Serão apresentados e experimentados com os participantes alguns jogos selecionados com o intuito de despertar e desenvolver diferentes competências, seja na Educação Profissional ou na Educação Básica.

Facilitador: Prof. Diego Lieban, com apoio de estudantes.


Oficina 9: Desenvolvimento de Currículo por Competências

Objetivo: Apresentar técnicas de desenvolvimento de currículo por competências.

Facilitadores: Profs. Roberto Santos, Carlos Frajuca e Julio Page


Oficina 10: Ferramentas para Aprendizagem Centrada no Estudante: Métodos Colaborativos e Cooperativos

Objetivo: Apresentar algumas metodologias de ensino que podem ser utilizadas pelos docentes do ensino básico (incluindo educação profissional) para trazer o estudante para o centro do processo de ensino aprendizagem, tornando-se sujeito ativo, crítico e autônomo.

Facilitadores: Prof.s Bruno Garcês, Maristella Gabardo, Kelly de Oliveira Santos e Giann Mendes Ribeiro


Oficina 11: Métodos Dialógicos na Aprendizagem Centrada no Estudante

Objetivo: Apresentar estratégias e técnicas de ensino e aprendizagem que demonstrem aplicações de métodos dialógicos e a aprendizagem centrada no estudante.

Facilitadores: Profs. Luis Augusto da Silva Domingues, Sheylla Chediak, Rafael Freitas e Alexandre Zaslavsky.


Oficina 12: Robótica Educacional como Ferramenta de Aprendizagem Centrada no Estudante

Objetivo: Apresentar as potencialidades da robótica educacional para a implementação de metodologias de aprendizagem centrada no estudante. Realização de oficina prática que pode ser replicada com materiais de baixo custo.

Facilitador: Prof. Francisco Fechine Borges, com apoio do GREL – Grupo de Robótica Educacional Livre do IFPB.


Acreditamos que esta é uma grande contribuição que o IFPB e os professores que participaram deste programa podem dar para a educação brasileira, em estrita consonância com a proposta original do Programa Professores para o Futuro, de serem multiplicadores desta experiência internacional.

 

Nessa primeira edição, a instituição promotora será o IFPB, com apoio do MEC/SETEC. O evento reunirá diversas atividades eminentemente práticas, tais como: oficinas, cujos facilitadores serão os professores do Programa; relatos de experiências e mostra de materiais didáticos apresentados pelos participantes inscritos.

 

Também ocorrerão apresentações das atividades realizadas pelos professores da segunda edição do Programa, bem como sua diplomação. Haverá também a participação das Universidades de Ciências Aplicadas HAMK e TAMK, parceiras no referido Programa, que ministrarão palestras e seminários.

 O evento prevê a participação de professores, pedagogos e TAEs da Rede Federal e profissionais de outras redes de ensino, como universidades, sistemas estaduais, municipais e Sistema S.

 Além disso, ocorrerão três eventos paralelos:

  • I SIMPIF;
  • III SINTIF
  • I Encontro de EAD do IFPB.


 OBJETIVOS DO WORKSHOP


  • Disseminar experiências, práticas pedagógicas, metodologias e tecnologias educacionais vivenciadas pelos professores da Rede Federal que participaram do Programa Professores Para o Futuro – Finlândia - I e II, tendo como público-alvo os participantes inscritos.
  • Capacitar os participantes (professores, pedagogos e TAEs da Rede Federal) em um conjunto de práticas e metodologias educacionais inovadoras, para posterior aplicação na educação profissional, com as devidas adaptações às realidades onde serão aplicadas.
  • Oportunizar o Relato de Experiências e de ideias inovadoras e exitosas dos participantes nas suas atividades enquanto profissionais da educação.
  • Oportunizar a realização de uma Mostra de Materiais Didáticos aplicados ao ensino, desenvolvidos pelos participantes.

 

PERGUNTAS FREQUENTES


1. Quem pode participar?

Professores, pedagogos e TAE´s da Rede Federal (IF´s, CEFETs e Colégio Pedro II), bem como profissionais de outras instituições de ensino.


2. Como eu me inscrevo?

Você deve acessar um dos links de inscrições, à direita desta página, e preencher o formulário. A inscrição é por oficina, ou seja, ao se inscrever em uma determinada oficina o participante estará inscrito em todo o Workshop. É permitida a inscrição em apenas uma oficina, uma vez que o sistema controla as inscrições por CPF (campo obrigatório).


3. Eu posso me inscrever para o Workshop (escolhendo uma oficina) e não submeter trabalho?

Sim, esta inscrição é considerada como participante de oficina, não como ouvinte. Não há inscrição somente como ouvinte.


4. Quais trabalhos eu posso submeter para o Workshop, em adição à participação em uma oficina?

Você pode submeter RELATO DE EXPERIÊNCIAS e DESCRITIVO DE MATERIAL DIDÁTICO. O limite é de 5000 caracteres para cada um dos textos, que deverão ser inseridos no campo específico do formulário, no ato da inscrição. Você poderá submeter, no máximo, um relato de experiência e um descritivo de material didático.


5.  Haverá avaliação do(s) trabalho(s) enviado(s)?

Resposta: Não haverá avaliação do mérito dos trabalhos, que são de inteira responsabilidade do(s) autor(es).  Haverá somente uma conferência de forma. Estes trabalhos serão publicados como RESUMOS nos Anais do Workshop e os autores terão direito a certificados, caso pelo menos um autor compareça para apresentação, no evento.


6.  Qual o número máximo de autores para os trabalhos?

4 autores.


7. Como deve ser o RELATO DE EXPERIÊNCIAS?

7.1. No RELATO DE EXPERIÊNCIAS você descreverá uma experiência exitosa no seu dia-a-dia.

Formato (obrigatório):

Título (máximo de 2 linhas);

Nome(s) do(s) autor(es) – 1 autor em cada linha;

Descrição: até 5000 caracteres, em texto contínuo.

Exemplo:


Interdisciplinaridade entre Física e Robótica Educacional no Primeiro Ano do Curso Técnico Integrado em Eletrônica

Fulano de Tal, professor, IFPB, email@email.com.br;

Sicrano, estudante, IFCE, email@email.com.br;

Beltrana, IFRS, email@email.com.br.

Neste relato de experiência são apresentados os resultados de uma metodologia utilizada pelos professores das disciplinas blá blá blá.

Texto Arial 11 Normal.


7.2.   INSTRUÇÕES PARA O ENVIO DOS RELATOS DE EXPERIÊNCIAS

Poderá ser submetido, no ato da inscrição online, um pequeno texto base (até 5000 caracteres) para uma apresentação oral dentro das sessões “Relatos de Experiências”.

Os Relatos de Experiências podem, por exemplo, tratar de (mas não limitados a):

  • Metodologias inovadoras desenvolvidas dentro do ambiente de aprendizagem (sala de aula, laboratório, etc.);
  • Dicas e técnicas que foram descobertas e aperfeiçoadas, para melhoria do aprendizado dos estudantes;
  • Diferentes layouts e organizações dos espaços de aprendizagem, que surtiram efeitos interessantes no processo de ensino-aprendizagem;
  • Aplicações de ferramentas de e-learning e seus resultados;
  • Adaptações e improvisações exitosas, no processo de ensino-aprendizagem;
  • Atividades empreendedoras inovadoras aplicadas no ambiente de aprendizagem;
  • Soluções encontradas para incremento da interação escola-empresa e da efetividade das ações de pesquisa aplicada e de extensão;
  • Outros métodos, técnicas e atividades que concorreram para a melhoria do processo de ensino-aprendizagem ou para a aplicação de metodologias de aprendizagem centradas no estudante.

Formato do Texto:

Texto plano, fonte Arial Normal 11, a ser copiado e colado no campo específico da inscrição, com formato exemplificado acima.


Apresentação Oral:

Máximo de 15 minutos, mais 5 minutos para arguições. Deverá ser preparada apresentação tipo PowerPoint, com no máximo 10 slides, para que o participante possa relatar sua experiência, ressaltando os aspectos inéditos ou inovadores e os resultados alcançados.


Votação

A audiência poderá votar no relato de experiência que assistiu, numa escala de 0 a 10. Os 3 mais votados serão premiados no encerramento do evento (prêmios simples, simbólicos).

Anais do Workshop

O Relato de Experiências submetido no sistema de inscrições online e apresentado na sessão oral, fará jus a Certificado específico de apresentação oral e terá direito a publicação nos Anais do Workshop (meio eletrônico).


Revisão dos Relatos de Experiências

Não haverá revisão do mérito do relato de experiências. A descrição submetida e a apresentação são de total responsabilidade do participante. A Comissão Organizadora se reserva o direito de não aprovar relatos com erros grosseiros, textos maiores que o permitido (5000 caracteres) e que firam princípios éticos ou morais.


8. Como deve ser o DESCRITIVO DE MATERIAL DIDÁTICO?


8.1.   O(s) autor(es), no máximo 4, submeterão um DESCRITIVO DE MATERIAL DIDÁTICO relativo a um dispositivo, equipamento ou metodologia que UTILIZOU (não será permitida uma proposta não testada!) no seu dia-a-dia enquanto professor(a), pedagogo ou TAE e que promoveu algum tipo de inovação no ambiente de aprendizagem. É OBRIGATÓRIO que o professor traga consigo o dispositivo, que será apresentado no hall do evento, no dia específico da MOSTRA. Se o dispositivo interagir, de alguma maneira, com computadores, o professor deverá trazer seu notebook para a apresentação. A organização do evento não poderá disponibilizar notebook para esta apresentação, bem como NÃO SE RESPONSABILIZA por custos nem por danos causados por transporte, que será de inteira responsabilidade do autor inscrito.


Estas são as instruções para o DESCRITIVO DE MATERIAL DIDÁTICO:

Título (máximo de 2 linhas):

Nome(s) do(s) autor(es) – 1 autor em cada linha. Máximo de 4 autores.

Descrição: até 5000 caracteres, em texto contínuo.

Exemplo:


Dispositivo de medição de temperatura com Interface USB, para experimentos de Química

Fulano de Tal, professor, IFPB, email@email.com.br;

Sicrano, estudante, IFCE, email@email.com.br;

Beltrana, IFRS, email@email.com.br.

Neste relato de experiência são apresentados os resultados do desenvolvimento de um dispositivo de medição de temperatura com interface USB, para utilização em experimentos de Química, blá blá blá...

Até 5000 caracteres. Texto Arial 11 Normal.

 

8.2.   INSTRUÇÕES PARA O ENVIO DE DESCRITIVO DE MATERIAL DIDÁTICO

 

No ato da inscrição é possível submeter um DESCRITIVO DE MATERIAL DIDÁTICO (até 5000 caracteres, como base para a apresentação a ser realizada na MOSTRA DE MATERIAL DIDÁTICO. Esta mostra não é uma apresentação de pôster! A ideia é que os participantes possam apresentar produtos, processos e serviços caracterizados como produção técnica, dispositivo ou equipamento utilizado com finalidades didáticas no seu ambiente de ensino-aprendizagem. Por exemplo:

·           Protótipos de materiais e equipamentos de laboratório;

·           Kits e equipamentos didáticos desenvolvidos pelo próprio professor ou em equipe;

·           Jogos didáticos;

·           Ferramentas online desenvolvidas pelo próprio professor ou em equipe.

Sobre o produtor

IFPB

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba

Local

IFPB - Campus João Pessoa
Avenida Primeiro de Maio , 720, Jaguaribe
João Pessoa, PB

Ver mapa

Login

Esqueceu sua senha? Clique aqui.

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.