Solo de Guerra - CURTA TEMPORADA

Espaço O Poste - Recife, PE
04 de novembro de 2017, 20h - 11 de novembro de 2017, 21h

Compartilhar:

Ingressos

04/11 - INTEIRA
R$ 30,00  (+ R$ 3,00 taxa)
Vendas até 04/11/2017
Encerrado
04/11 - MEIA
R$ 15,00  (+ R$ 2,00 taxa)
Vendas até 04/11/2017
Encerrado
11/11 - INTEIRA
R$ 30,00  (+ R$ 3,00 taxa)
Vendas até 11/11/2017
Encerrado
11/11 - MEIA
R$ 15,00  (+ R$ 2,00 taxa)
Vendas até 11/11/2017
Encerrado

Descrição do evento




SOLO DE GUERRA


Um homem em pé de guerra com o seu passado e o mundo que o cerca. Um corpo que guarda o que as palavras dizem abertamente. A guerra aqui é travada entre soldadinhos verdes e Barbies. É um grito de amor, e o amor é o que sempre desejou.  No fim, entre tiros e bombardeios, o que resta é dançar até que a noite termine.

 

“A guerra aqui é só uma metáfora para falar da guerra que enfrentamos todos os dias por sermos quem somos. O conflito se inicia quando insistem em nos padronizar, nos colocar na caixinha “normal” para podermos ser aceitos. Eu não quero ser aceito. Em tempos em que a palavra empoderamento está tão em evidência e ao mesmo tempo gasta, é que decidi usá-la. Para enfrentar esta sociedade machista, que mata tantos de nós apenas por sermos “diferente”. Sempre terei o prazer de ser transgressor e revolucionário. Na vida e na arte. Esse espetáculo é um grito, mas também é um abraço. Estamos juntos, baby.”

 

Cleyton Cabral – Dramaturgo e ator

 

“Pisar nesse Solo foi como entrar em um labirinto: ter mais perguntas que respostas. E que bom que o teatro nos coloca nesse lugar de provocação. A partir da dramaturgia que ia sendo construída a cada ensaio, eu fui me colocando como espectadora. As palavras vinham cheias de silêncio, mesmo quando gritavam. O vazio como território para explorar possibilidades. Foi desafiador lidar com o fracasso de alguns ensaios e ter que voltar forte no dia seguinte. Criar é se sentir genial e também falho. Humano, demasiado humano. É ver, olhar de novo e enxergar de olhos fechados.

Esse espetáculo é cheio de afeto. Entrei nessa guerra cercada de aliados. Inteira e de peito aberto.”

 

Luciana Pontual – Diretora




FICHA TÉCNICA:

 

Dramaturgia: Cleyton Cabral 

Direção: Luciana Pontual

Cenário e criação de objetos cênicos: Álcio Lins

Desenho de luz: Naná Sodré

Figurinos: Paulo Pinheiro

Criação dos bonecos: Fábio Caio

Coreografia: Lilli Rocha

Projeto gráfico: Carlos Macêdo e Vinicius Batista

Fotos do programa e imagens do espetáculo: Ricardo Maciel       

Produção: Cleyton Cabral

Produção executiva: Carlos Macêdo




***

Não é necessário imprimir e apresentar o voucher. Basta apresentar um documento original com foto.


Sobre o produtor

Cleyton Cabral

Comentários

Local

Espaço O Poste
Rua da Aurora, 529, Boa Vista
Recife, PE

Login

Esqueceu sua senha? Clique aqui.

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.