App Sympla
Baixe agora

Projeto Concha apresenta Alessandra Leão ~ Agulha

O evento já encerrou...

Ver evento

explore outros eventos como esse

Evento encerrado

Projeto Concha apresenta Alessandra Leão ~ Agulha

Agulha - Porto Alegre, RS
12 de julho de 2019, 19h - 13 de julho de 2019, 02h

Ingressos

Lote Promocional limitado
R$ 15,00  (+ R$ 2,50 taxa)
Pague em até 12x
Vendas até 12/07/2019
Encerrado
1º lote Solidário/Meia-entrada
R$ 20,00  (+ R$ 2,50 taxa)
Pague em até 12x
Vendas até 12/07/2019
Encerrado
1º lote inteiro
R$ 40,00  (+ R$ 4,00 taxa)
Pague em até 12x
Vendas até 12/07/2019
Encerrado
2º lote Solidário / Meia-entrada
R$ 30,00  (+ R$ 3,00 taxa)
Pague em até 12x
Vendas até 12/07/2019
Encerrado
2º lote inteiro
R$ 60,00  (+ R$ 6,00 taxa)
Pague em até 12x
Vendas até 12/07/2019
Encerrado

Descrição do evento

O Projeto Concha de julho abre os caminhos, as águas e toda a força da natureza para receber a pernambucana Alessandra Leão e seu novíssimo álbum recém lançado Macumbas e Catimbós, fruto de anos de aprofundamento em tradições musicais de terreiros de Candomblé, Jurema e Umbanda, onde a voz e a percussão são os condutores dos trabalhos espirituais. 

Há cerca de dois anos, Alessandra tornou-se “corimbeira” ou “ogã” na Umbanda, responsável pelos toques e cantos durante os rituais e função proibida às mulheres em grande parte dos terreiros de religiões de matriz africana. Sendo assim, a partir dessa experiência, tem se aprofundado ainda mais nesse tema.

O álbum tem participação especial de Lia de Itamaracá, Mateus Aleluia, Sapopemba e Recanto Quiguiriçá e o coro convidado formado por: Karina Buhr, Lenna Bahule, Lívia Mattos, Isaar e Manu Maltez e o show tem como base instrumental a voz e o um trio de Ilús. 


||| Serviço |||
||| Projeto Concha apresenta Alessandra Leão ~ Agulha
||| Sexta-feira, 12 de Julho de 2019
||| Local: Agulha - Rua Conselheiro Camargo, 300 - Bairro São Geraldo - Porto Alegre/RS - Próximo a estação do Trensurb São Pedro e das linhas T3 e T8
||| Horários: O bar abre às 19h e a apresentação começa pontualmente às 22h


||| Ingressos |||
Lote Promocional limitado - R$ 15 - apenas online;
1º lote Solidário* / Meia-entrada** - R$ 20 - na internet (com opção de boleto bancário);
2º lote Solidário* e na Hora/ Meia-entrada** - Solidário* / Meia-entrada** - R$ 30

* Solidário - Valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível ou itens de higiene pessoal, disponível para qualquer pessoa. As doações deverão ser entregues no Agulha, no momento da entrada ao evento.
** Meia-entrada - Para o benefício da meia-entrada (50% de desconto), é necessária a apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) na entrada do espetáculo. Os documentos aceitos como válidos estão determinados na Lei Federal 12.933/13.
*** Valores de inteira: R$ 40 e R$ 60

||| CLASSIFICAÇÃO: 16 anos
||| Plataforma Oficial: Sympla
||| Produção e curadoria: Alice Castiel
||| Assistência de produção: Sofia Lerrer
||| Produção executiva: Liége Biasotto
||| Assessoria de Imprensa: Bruna Paulin
||| Midias Sociais: Dani Rodrigues
||| Artes por Silvia Pont
||| Apoio: Agulha

Sobre Alessandra Leão

A artista iniciou sua carreira com o grupo Comadre Fulozinha, ainda na década de 1990 e, desde 2006, desenvolve seu trabalho autoral, que já conta com sete discos lançados. Seu trabalho mais recente foi a trilogia de EPs “Língua”, composta pelos capítulos Pedra de Sal, Aço e Língua (2014 e 2015). Sua relação entre música e sagrado sempre despertou o interesse da artista nascida em Pernambuco e residente em São Paulo. Em 2008, lançou o disco Folia de Santo, com músicas para santos católicos que foram sincretizados em Orixás em algumas religiões de matriz africana. Dez anos depois, a artista lança seu oitavo disco: “Macumbas e Catimbós”, fruto de anos de aprofundamento em tradições musicais de terreiros de Candomblé, Jurema e Umbanda, onde a voz e a percussão são os condutores dos trabalhos espirituais. Há cerca de dois anos, Alessandra tornou-se “corimbeira” ou “ogã” na Umbanda, responsável pelos toques e cantos durante os rituais e função proibida às mulheres em grande parte dos terreiros de religiões de matriz africana. Sendo assim, a partir dessa experiência, tem se aprofundado ainda mais nesse tema.

Local

Agulha
Conselheiro Camargo, 300, São Geraldo
Porto Alegre, RS

Ver mapa

Login

Esqueceu sua senha? Clique aqui.

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.