I JORNADA DE PROBLEMAS RESPIRATÓRIOS E TABAGISMO PARA A ATENÇÃO PRIMÁRIA

Associação Paulista de Medicina (APM) - Regional Guarulhos - Guarulhos, SP
17 de agosto de 2018, 07h - 18 de agosto de 2018, 18h

Inscrição

Médico Não Sócio da SBMFC, APMFC e APM
R$ 150,00
Pague em até 12x
Inscrições até 16/08/2018
Encerrado
Médico Sócio da SBMFC, APMFC e APM
R$ 100,00
Pague em até 12x
Inscrições até 16/08/2018
Encerrado
Profissionais Não Médicos
R$ 110,00
Pague em até 12x
Inscrições até 16/08/2018
Encerrado
Residentes Não Sócio
R$ 120,00
Pague em até 12x
Inscrições até 16/08/2018
Encerrado
Residentes Sócios
R$ 80,00
Pague em até 12x
Inscrições até 16/08/2018
Encerrado
Acadêmicos
R$ 40,00
Pague em até 12x
Inscrições até 16/08/2018
Encerrado

Descrição do evento


I Encontro Luso-Brasileiro de Grupos de Trabalhos Respiratórios:

GRESP Brasil & GRESP Portugal

 “O cuidado Integral da Pessoa com Doença Respiratória Crônica:

Desafios e Necessidades do Mundo Real”

______________________________________________________


DATA DO EVENTO

17 e 18 de Agosto de 2018

(Inscrições até dia 16/08/2018 - Não haverá inscrições no local) 

Participe e concorra a uma inscrição para o

 "Congresso Sudeste de Medicina de Família"

__________________________________________________


ENDEREÇO DO EVENTO


Local: Associação Paulista de Medicina - APM

Regional Guarulhas

Rua: Darcy Vargas, Nº 64 Compl. Sede da APM

Centro - Guarulhos/SP

_______________________________________

PARCERIA: AMIL

                     HOTEL BRISTOL


Comissão Organizadora


Membros do GT de problemas Respiratórios da SBMFC



Comitê Científico: 


Bárbara Barreiros

Giuliano Dimarzio

Marcus Vinicius Dutra Zuanazzi

Marilyn Urrutia

Maria Lucia Lenz

Jonatas Leonio

Lucas Gaspar Ribeiro

Odete Torres

Patrícia Dias Braz

Paulo Lima

Renato Walch

Rafael Stelmach

Rui Costa

Sandra Marques

Sonia Maria Martins

Ugo Carmoni

William Salibe Filho 

 

Comitê de Organização: 


Albertina de Souza Guerra Bressan

Ana Nita Tanus Costa Norberto

Alessandra Lazzarette

Cláudia Andrade

Fabiana Santos Fonseca

Isis Hungaro

Izaura Eusébio Coelho

Marcus Vinicius Dutra Zuanazzi

Paulo Lima

Sonia Maria Martins

Tatiane Vasconcelos

 

 

 

Apoio:


  • Associação Paulista de Medicina de Família e Comunidade (APMFC)
  • Associação Paulista de Medicina – Regional Guarulhos
  • Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC)
  • Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar – APMGF
  • Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF)
  • Aliança Global para Controle da Asma no Brasil (GINA)
  • Aliança Global para o Controle do Tabagismo (ACT)
  • Telessaúde RS
  • Unimed Guarulhos
  • Vídya Consultoria e Prestação de Serviços Médicos


       APRESENTAÇÃO


De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), as DRC são responsáveis por 4% de todos os anos de vida perdidos ajustados por incapacidade (disabilityadjusted life year – DALY) em todo o mundo. As principais DRC são a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), os estados alérgicos, a hipertensão pulmonar, algumas doenças relacionadas ao processo de trabalho e a asma, sendo esta a mais comum. O tabagismo, a poluição ambiental, os alergênicos, os agentes ocupacionais, os fatores genéticos, sociais e relacionados ao estilo de vida são fatores de risco para DRC e sua carga tende a aumentar em consequência do envelhecimento da população. 

 

A Atenção Primária (APS)  é o primeiro contato dos usuários com o sistema de saúde, portanto, deve estar apta a manejar os problemas de maior frequência e relevância presentes na comunidade. As DRC são motivo frequentes de consultas na atenção primária (APS), no entanto, no que se refere ao manejo, os serviços de saúde, frequentemente, realizam abordagens restritas ao tratamento sintomático das exacerbações, gerando elevado número de, internações desnecessárias, alta morbidade, visitas frequentes a serviços de urgência, além de recorrentes faltas ao trabalho e à escola, resultando em um enorme custo econômico e social. Associa-se a isso o subdiagnóstico e a falta de controle dos sintomas. As equipes da  APS devem estar aptas para manejar os casos leves e moderados de rinite, asma e DPOC, uma vez que atuam mais próximos das famílias, conseguindo melhor adesão ao tratamento, permitindo maior controle dos sintomas, com consequente diminuição do número de internações hospitalares e aumento na qualidade de vida. Nesse sentido, é necessário, que os profissionais estejam preparados para lidar com esses agravos, para que possam ofertar o melhor tratamento às pessoas que têm doença respiratória crônica.

Diante desse cenário, essa jornada tem o objetivo  envolver e sensibilizar  gestores, profissionais de saúde da APS, atenção especializada, estudantes  e residentes de medicina de família e comunidade e residentes da equipe multidisciplinar para a melhoria da gestão do cuidado nas DRC para reduzir o impacto social e econômico causado por essas condições.



PROGRAMAÇÃO DO EVENTO


(Programação Sujeita a Modificações)

 

Clique no link para Download:


I JORNADA DE PROBLEMAS RESPIRATÓRIOS E TABAGISMO PARA A ATENÇÃO PRIMÁRIA






Sobre o produtor

SONIA MARIA MARTINS

Medica da Família Coordenadora do Grupo de Trabalho de Problemas Respiratórios e Tabagismo (GRESP)

Local

Associação Paulista de Medicina (APM) - Regional Guarulhos
Rua Darcy Vargas, 64, Sede da APM, Centro
Guarulhos, SP

Login

Esqueceu sua senha? Clique aqui.

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.