O evento já encerrou...
Vivência Online A Coragem da Cachaça: masculinidades, álcool e saúde mental
Carregando recomendações...
Evento encerrado
Parcele sua compra em até 12x

Vivência Online A Coragem da Cachaça: masculinidades, álcool e saúde mental

4 dez - 2021 • 09:30 > 11 dez - 2021 • 12:30

Evento Online via Zoom

Descrição

A CORAGEM DA CACHAÇA: GRUPO MASCULINITIES CONVIDA À REFLEXÃO - ÁLCOOL E SAÚDE MENTAL ENTRE HOMENS

O grupo Masculinities - Educação, Comunicação e Cuidado entre Homens convida para o curso de curta duração - A Coragem da Cachaça: álcool, Masculinidades e saúde mental - a ser realizado nos dias 4 e 11 de dezembro. A atividade abre um espaço de confiança e diálogo entre homens, pra uma vivência sobre a tal "Coragem da cachaça", os desafios que levam homens a perder o controle no uso de bebidas e outras drogas e suas relações com as dores masculinas, historicamente silenciadas pelos padrões que a sociedade assim impõe. 

As duas atividades online trazem espaços de trabalho corporal, dinâmicas de acesso aos sentimentos e diálogos em espaço de sigilo somente entre pessoas que se identificam como homens, sob orientação dos psicólogos e terapeutas do grupo Masculinities ECC. 

O objetivo
Auxiliar os participantes a refletirem a partir da história, da literatura científica e do contato com diversas experiências sobre o papel do álcool e de outras substâncias "recreativas" em nossa sociedade. Qual a nossa relação e convivência com essas substâncias? Por que homens consomem muito mais álcool que mulheres? Essa é uma relação Construtiva? Um convite a perguntas e silêncios integrais para ajudar a acompanhar a relação com o álcool na vida individual e coletiva dos sujeitos participantes da vivência online - A Coragem da Cachaça.

A origem
O psicólogo e doutor em questões de Gênero e saúde mental  pela Universidade de São Paulo (USP), Fernando Pessoa é integrante do grupo Masculinities e um dos facilitadores na atividade. Fernando é terapeuta corporal e estudou em seu doutorado as relações entre o uso de  álcool e a construção  social das Masculinidades. "Pesquisei Centros de Atendimento Psicossocial Álcool e Drogas por dois anos no Distrito Federal, observando a maioria esmagadora de homens em sofrimentos graves por causa dessas substâncias. Mas o que se constata é que, antes do vício, vem o porquê do vício, vêm as exigências da forma de ser e exercer a Masculinidade, e como a em geral os homens são levados a buscar conquistar constantemente essa masculinidade ideal. E a  frustração de não se alcançar esse ideal pode  nos levar a situações de risco muito complicadas", destacou o doutor Fernando Pessoa.

Rafael Gonçalves, idealizador do grupo Masculinities e também mestre em Saúde Pública pela ENPS/Fiocruz é o outro condutor das reflexões dessa vivência que teve primeira edição no último mês de outubro. "Dialogar entre nós homens, encontrando entre nós melhores caminhos pode trazer uma outra relação com o álcool e com a vida. O convite não é pra reprimir, mas para avaliar se há necessidade de reduzir danos. É para entendermos que horas o álcool é parte da festa, e que horas ele vira o único motivo disfarçado da festa. Aí cada indivíduo pode ter informações para colher sobre si, tanto na dimensão racional, histórica, afetiva e corporal.", alertou Rafael.

Dados apontam o forte impacto  sobre a saude mental e física masculina decorrente do uso de alcool. As maiores diferenças de mortalidade entre homens e mulheres, ocorrem por causas relativas ao uso prejudicial de álcool, que tem desfecho negativos na população masculina, especialmente relacionados às mortes violentas, por doenças do fígado ou por transtornos mentais decorrentes do uso de substâncias psicoativas. Homens morrem mais do que as mulheres na maioria das causas de óbitos e em todas as faixas etárias até 80 anos

Ministério da Saúde: homens morrem 4 vezes mais por suicídio em comparação às mulheres: Homens apresentaram um risco 3,8 vezes maior de morte por suicídio que mulheres. Entre homens, a taxa de mortalidade por suicídio em 2019 foi de 10,7 por 100 mil, enquanto entre mulheres esse valor foi de 2,9

Diferenças nas causas de mortalidade:
Transtornos mentais e comportamentais, como transtornos decorrentes do uso prejudicial de álcool; e doenças do aparelho digestivo, como cirrose ou outras doenças do fígado.
As maiores diferenças entre as causas de mortalidade de homens e mulheres, ocorrem nos óbitos decorrentes de causas externas, como homicídios e acidentes de trânsito; 

Serviço:
Vivências Online A Coragem da Cachaça: saúde mental, álcool e masculinidades

Dias 4 e 11 de dezembro sábados, às 9h30

Online via zoom
Investimento: R$ 160,00
Cota social: R$ 200,00 e você ajuda outro homem sem condições financeiras de participar a fazer parte da turma.
Termos e políticas

Evento online

Saiba como participar deste evento:

Antes de tudo,
cadastre-se ou acesse sua conta com o mesmo email usado no pedido.
Acesse a aba Ingressos no site ou no app Sympla disponível para iOS e Android
Selecione o evento desejado e toque no botão acessar evento
Pronto! O link de acesso também será enviado para você por email.

Sobre o organizador

Vivência Online A Coragem da Cachaça: masculinidades, álcool e saúde mental

Masculinities Educação Comunicação e Cuidado entre homens

O Grupo Masculinities - Educação, comunicação e cuidado entre homens realiza atividades desde 2017, organizando cursos, vivências e workshops para indivíduos, grupos e instituições. Nos trabalhos desenvolve práticas, táticas e cuidados na construção de ambientes sustentáveis nas relações e organizações. Promove a construção de masculinidades saudáveis, em condições de participar dos atuais desafios de nossa época.

Métodos de pagamento

Parcele sua compra em até 12x

Compre com total segurança

Os dados sensíveis são criptografados e não serão salvos em nossos servidores.

Precisando de ajuda?

Acessa a nossa Central de Ajuda Sympla ou Fale com o produtor.