Fale com o produtor

O evento já encerrou...

Literatura e sociedade - a obra de Antonio Candido

Evento encerrado

Literatura e sociedade - a obra de Antonio Candido

09 nov - 2023 • 19:30 > 09 nov - 2023 • 21:30

 
Evento Online via Google Meet

Descrição do evento


Débora Tavares é mestre e doutora em literatura pela Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), onde pesquisou a obra de George Orwell e sua relação com a História. Atua como professora, oferecendo cursos sobre literatura, relações entre arte e sociedade, assim como metodologia de pesquisa. Autora de ensaios nessa área, entre eles o posfácio “A esperança vem do plural” da edição de 1984 publicado pela editora Antofágica.

Caio Rubini é mestre em Pensamento Político e Social (Filosofia) pela University of Sussex (Reino Unido), historiador e professor de História pela Universidade de São Paulo (FFLCH/FE-USP) e bacharel em Comunicação Social – Jornalismo. Atualmente trabalha como professor, ministrando cursos de Humanidades, em especial História e Filosofia. Além disso, pesquisa elementos históricos e filosóficos do século XX, baseado na Teoria Crítica, com ênfase na obra do autor Walter Benjamin.

Contato 

E-mail: [email protected] 

Instagram

Facebook

Site 


Horário síncrono: 19h30 - 21h30 (Horário de Brasília) 

Datas das aulas: 09/11 16/11 23/11 30/11

Gravação disponível até: 30/12

Via Google Meet 

O objetivo desse curso é apresentar algumas obras do crítico literário e professor Antonio Candido, por meio de alguns eixos temáticos: literatura, sociologia e história. Iremos ler alguns ensaios e analisar algumas obras literárias mencionadas nos textos de Candido.  Esse curso é introdutório e as leituras mencionadas servem como um guia de estudo, não são obrigatórias e servem como um primeiro contato com a obra de Antonio Candido. 



Aula 01 (09/11) – Os anos 1930 e a sociologia 

Nessa primeira aula começaremos traçando com uma linha do tempo da vida e da obra do crítico literário e professor, veremos como se deu a formação de Antonio Candido na área de sociologia, principalmente focando em aspectos de análise da sociedade feitos por ele em algumas obras. Por consequência, analisaremos os aspectos trazidos pelo autor em relação ao eixo cultural da crise da Primeira República e da Revolução de 30, junto a seus desdobramentos político-sociais. 

Obras analisadas

trechos do livro Parceiros do Rio Bonito; Revolução de 30 - História e Historiografia (Boris Fausto)

Análise do ensaio A revolução de 1930 e a cultura 

 Aula 02 (16/11) - O direito à literatura

Em nossa segunda aula veremos como o Antonio Candido entende o conceito de literatura, relacionado à questão de direitos humanos. Veremos como se dá o conceito de cultura e literatura no Brasil na primeira metade do século 20. Dentre as obras, analisaremos o discurso de Antonio Candido em 1988 junto a sua conjuntura histórica: o processo de redemocratização e composição da Constituição Federal de 1988. 

Obras analisadas

ensaios O direito à literatura e A literatura e a formação do homem

Aula 03 (23/11) - A formação da literatura brasileira 

Na terceira aula, veremos como se forma o projeto de pensar a literatura como um sistema. Veremos como Antonio Candido analisa o romantismo e o arcadismo como momentos decisivos na identidade literária nacional. Tendo em vista a lógica social e conceitual contida no ensaio Dialética da Malandragem, pensaremos como o processo de formação e consolidação das elites financeiras nacionais permitiu a sustentação dessa base durante o século XX, especialmente durante o Golpe Militar de 1964 e os anos de chumbo da história brasileira. 

Obras analisadas

trechos do livro A formação da literatura brasileira

ensaio Dialética da malandragem 

Aula 04 (30/11) - Na sala de aula

Em nossa última aula veremos como Antonio Candido aborda de maneira didática a prática educacional e principalmente a análise textual literária. Discutiremos quais as relações que a obra do autor estabelece entre arte e sociedade. Diante dessa temática, pensaremos em perspectiva algumas obras do autor Walter Benjamin que levam em conta a relação entre autor, produtor e recepção das obras, assim como a responsabilidade do autor e obra diante de sua tarefa política e material.

Obras analisadas

trechos do livro Na sala de aula: cadernos de análise literária  

ensaio A educação pela noite 


Bibliografia

ARANTES, Paulo. “Providências de um crítico literário na periferia do capitalismo”, in: Sentido da formação. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1997.

______. “Sentimento dos contrários”, in Sentimento da dialética na experiência intelectual brasileira. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1992.

BENJAMIN, Walter. Obras Escolhidas volume 1 - magia e técnica, arte e política. São Paulo: Brasiliense, 1996. 

CANDIDO, Antonio. A formação da literatura brasileira. São Paulo: Todavia, 2023. 

______. Literatura e sociedade.  São Paulo: Todavia, 2023. 

______. Vários escritos. Rio de janeiro: Ouro sobre azul, 2017.

______.  Os parceiros do Rio Bonito. São Paulo: Todavia, 2023. 

______. Na Sala De Aula. - Caderno De Análise Literária. São Paulo: Ática, 2000. 

______.  O discurso e a cidade. São Paulo: Todavia, 2023. 

CARDOSO, Rafael & XAVIER, Guilherme. Modernidade em preto e branco: Arte e imagem, raça e identidade no Brasil, 1890-1945. São Paulo: Companhia das Letras, 2022.

DREIFUSS, Rene Armand. 1964: A conquista do Estado. Rio de Janeiro: Vozes, 2006. 

EAGLETON, Terry. Teoria da literatura, uma introdução. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

_______. A tarefa do crítico. São Paulo: Editora Unesp, 2010. 

FAUSTO, Boris. História do Brasil. São Paulo: Edusp, 2002.

_______. Revolução de 30. História e historiografia. São Paulo: Brasiliense, 1997.

LAFETÁ, João Luiz. 1930: a crítica e o modernismo. São Paulo: Duas Cidades/Editora 34, 2000.

NAPOLITANO, MARCOS. 1964: História do regime militar brasileiro. São Paulo: Contexto, 2014.

NOBRE, Marcos. Imobilismo em movimento: da abertura democrática ao governo Dilma. São Paulo: Companhia das Letras, 2013. 

SCHWARZ, Roberto. “Pressupostos, salvo engano, de ‘Dialética da malandragem’”, in: Que horas são? São Paulo, Cia. Das Letras, 1987, p. 129-155.

______. As ideias fora do lugar. 1a edição, Penguin, 2014.

______. Sequências brasileiras. São Paulo, Companhia das Letras,1999.

VERSIANI, Maria Helena. Correio político. Os brasileiros escrevem a democracia: 1985 e 1988. Rio de Janeiro: Contra Capa, 2014.

_________________________________________________________

Caso tenha dúvidas, entre em contato pelo e-mail [email protected] 

Política do evento

Cancelamento de pedidos pagos

Cancelamentos de pedidos serão aceitos até 7 dias após a compra, desde que a solicitação seja enviada até 48 horas antes do início do evento.

Saiba mais sobre o cancelamento

Edição de participantes

Você poderá editar o participante de um ingresso apenas uma vez. Essa opção ficará disponível até 24 horas antes do início do evento.

Saiba como editar participantes
Termos e políticas

Como acessar o evento

Acesse a aba Ingressos no site ou no app Sympla disponível para iOS e Android

Selecione o evento desejado e toque no botão acessar evento

Pronto! O link de acesso também será enviado para você por email.

Saiba mais sobre o acesso a eventos online

Sobre o produtor

organizer

Débora Tavares

Especialista na obra de George Orwell. Mestra e doutora em literatura pela USP.

Métodos de pagamento

Parcele sua compra em até 12x

Compre com total segurança

Os dados sensíveis são criptografados e não serão salvos em nossos servidores.

Google Safe BrowsingPCI compliant

Precisando de ajuda?

Acessa a nossa Central de Ajuda Sympla ou Fale com o produtor.

O App está de cara nova!

baixe agora