Fale com o produtor

O evento já encerrou...

Capitalismo tardio em crise

Evento encerrado

Capitalismo tardio em crise

21 fev - 2024 • 19:30 > 28 fev - 2024 • 21:30

 
Evento Online via Google Meet

Descrição do evento


Débora Tavares é mestre e doutora em literatura pela Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), onde pesquisou a obra de George Orwell e sua relação com a História. Atua como professora, oferecendo cursos sobre literatura, relações entre arte e sociedade, assim como metodologia de pesquisa. Autora de ensaios nessa área, entre eles o posfácio “A esperança vem do plural” da edição de 1984 publicado pela editora Antofágica.

Caio Rubini é mestre em Pensamento Político e Social (Filosofia) pela University of Sussex (Reino Unido), historiador e professor de História pela Universidade de São Paulo (FFLCH/FE-USP) e bacharel em Comunicação Social – Jornalismo. Atualmente trabalha como professor, ministrando cursos de Humanidades, em especial História e Filosofia. Além disso, pesquisa elementos históricos e filosóficos do século XX, baseado na Teoria Crítica, com ênfase na obra do autor Walter Benjamin.

Contato 

E-mail: [email protected] 

Instagram

Facebook

Site 


Horário síncrono: 19h30 – 21h30 (Horário de Brasília) 

Datas das aulas: 21/02 e 28/02 

Gravação disponível até: 28/03

Valor (04 aulas): R$150

Via Google Meet

Emitimos certificado na categoria de curso livre

O objetivo desse curso é proporcionar uma compreensão aprofundada das principais transformações sociais, econômicas e políticas ocorridas nos séculos XX e XXI, com foco especial na crise econômica de 2008 e suas ramificações. Através da análise crítica de movimentos sociais, artísticos e resistências contemporâneas, os alunos serão incentivados a refletir sobre o papel da mídia, da Indústria Cultural, bem como a resposta desses movimentos às dinâmicas do sistema capitalista.



Aula 01 - Século XX e XXI: a crise de 2008 Em nossa primeira aula iremos refletir sobre a crise econômica de 2008 e veremos a importância dos movimentos sociais e artísticos que surgem espontaneamente, como o movimento Occupy Wall Street nos Estados Unidos. Veremos o papel da mídia como um local de poder e de controle discursivo. Em termos, veremos a Indústria Cultural e midiática que ajudou a impulsionar a reconstrução do sistema capitalista; assim como os movimentos de resistência responderam a tais impulsos de forma a utilizarem-se de tal Indústria para a conscientização social e política da população. Diante disso, enfatizaremos a crítica sociocultural incisiva em relação ao capitalismo contemporâneo e tardio, explorando as mudanças sociais e econômicas que moldaram a sociedade moderna. Algumas obras analisadas  Reportagens e matérias dos principais veículos de comunicação David Harvey: Neoliberalismo: História e Implicações. São Paulo, Loyola, 2005. _____. O enigma do capital: e as crises do capitalismo. São Paulo: Boitempo, 2011. Documentário "The Corporation" (2003).  Aula 02 - O mundo contemporâneo: Trump, a extrema direita, movimentos sociais e resistência  Em nossa última aula faremos um panorama global, conectando os fatores que envolvem a queda de Trump e o Black Lives Matter e o contexto internacional, pensando como os movimentos sociais e de resistência trazem obras artísticas potentes e capazes de mudar a realidade social. Também mergulharemos nas transformações da Indústria Cultural na era da Internet destacando seu papel fundamental na formação da sociedade contemporânea, assim como do processo político-econômico desse cenário, tendo como panorama sócio-histórico os anos que se seguiram à crise econômica de 2008. O foco será em compreender as múltiplas facetas das crises internacionais do capital, que gestou o recrudescimento da extrema direita, e que hoje se coloca como um dos maiores desafios da sociedade de classes.  Obras analisadas Documentário - Capitalismo, uma história de amor (2013) Reportagens e matérias dos principais veículos de comunicação Nas ruínas do neoliberalismo, de Wendy Brown A loucura da razão econômica: Marx e o capital no século XXI, de David Harvey. BIBLIOGRAFIA ADORNO, Theodor. HORKHEIMER, Max. Dialética do esclarecimento: fragmentos filosóficos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1985. _______. Aspectos do novo radicalismo de direita. São Paulo, Ed. UNESP, 2020.  BENJAMIN, Walter. Obras Escolhidas Volume 1 - Magia e Técnica, Arte e Política. São Paulo: Editora Brasiliense, 1996. BOBBIO, Norberto. Dicionário de Política. São Paulo: Imprensa Oficial, 2000. BOTTOMORE, Tom. Dicionário do Pensamento Marxista. Rio de Janeiro: Zahar, 1988. BROWN, Wendy. Nas ruínas do neoliberalismo: a ascensão da política antidemocrática no ocidente. São Paulo: Editora Filosófica Politéia, 2019. CAMARGOS, Roberto. Rap e política: Percepções da vida social brasileira. São Paulo: Boitempo Editorial, 2015. HARVEY, David. A Brief History of Neoliberalism. New York: Oxford University Press, 2007. _________ A loucura da razão econômica: Marx e o capital no século XXI. Tradução: Artur Renzo. São Paulo, Boitempo, 2018. HOBSBAWM, Eric. A Era dos Extremos, o Breve Século XX. São Paulo: Companhia das Letras, 1997. FIORIN, José Luiz. Elementos de análise do discurso. São Paulo: Contexto, 1989. LOWY, Michael. Aviso de incêndio: Uma leitura das teses “Sobre o conceito de história”. São Paulo, Boitempo Editorial, 2005.  _____. A Revolução é o Freio de Emergência: Ensaios Sobre Walter Benjamin. São  Paulo: Autonomia Literária, 2019. MARX, Karl & ENGELS, Friedrich. O capital: Crítica da Economia Política. São Paulo: Abril Cultural, 1983. MARX, Karl. A Ideologia Alemã. São Paulo: Boitempo, 2007. ________. Sobre literatura e arte. São Paulo: Global, 1980. ________. Manuscritos Econômico-Filosóficos. São Paulo: Boitempo, 2010. ORWELL, George. O que é o Fascismo e Outros Ensaios. São Paulo: Companhia das Letras, 2017.  PIKETTY, Thomas. O capital no século XXI. São Paulo: Intrínseca, 2014.TELES, Edson, et al. O ódio como política: A reinvenção das direitas no Brasil. São Paulo, Boitempo, 2018.

_________________________________________________________

Caso tenha dúvidas, entre em contato pelo e-mail [email protected] 

Política do evento

Cancelamento de pedidos pagos

Cancelamentos de pedidos serão aceitos até 7 dias após a compra, desde que a solicitação seja enviada até 48 horas antes do início do evento.

Saiba mais sobre o cancelamento

Edição de participantes

Você poderá editar o participante de um ingresso apenas uma vez. Essa opção ficará disponível até 24 horas antes do início do evento.

Saiba como editar participantes
Termos e políticas

Como acessar o evento

Acesse a aba Ingressos no site ou no app Sympla disponível para iOS e Android

Selecione o evento desejado e toque no botão acessar evento

Pronto! O link de acesso também será enviado para você por email.

Saiba mais sobre o acesso a eventos online

Sobre o produtor

organizer

Débora Tavares

Especialista na obra de George Orwell. Mestra e doutora em literatura pela USP.

Métodos de pagamento

Parcele sua compra em até 12x

Compre com total segurança

Os dados sensíveis são criptografados e não serão salvos em nossos servidores.

Google Safe BrowsingPCI compliant

Precisando de ajuda?

Acessa a nossa Central de Ajuda Sympla ou Fale com o produtor.

O App está de cara nova!

baixe agora