App Sympla
Baixe agora

Dialogando com Folclore - Antonio Nobre

O evento já encerrou...

Ver evento

explore outros eventos como esse

Evento encerrado

Dialogando com Folclore - Antonio Nobre

Museu Municipal de São José dos Campos - São José dos Campos, SP
16 de maio de 2019, 19h30-21h30

Inscrição

1º Encontro Dialogando com Folclore 
Grátis
Inscrições até 16/05/2019
Encerrado

Descrição do evento

Saberes tradicionais e saberes científicos: Pontos de aproximação e conflito

O Dialogando com o Folclore é um projeto desenvolvido anualmente pelo Museu do Folclore de São José dos Campos, por meio de cursos e palestras, destinado a estudantes universitários, educadores, pesquisadores e interessados. Tem como objetivo gerar reflexão e diálogo sobre temas importantes ligados aos estudos dos saberes populares. Neste ano, o propósito é oferecer como tema a relação entre as ciências e as tecnologias, com o folclore e a cultura popular, os saberes tradicionais. A ideia central é construir um quadro com várias narrativas, envolvendo experiências de trabalho com saberes de variados matizes. Serão seis encontros realizados de maio a julho, nas seguintes datas:  16 e 30 de maio, 12 e 27 de junho, 11 e 25 de julho, entre 19h30 e 21h30. Eles acontecerão no auditório do Museu Municipal de São José dos Campos (exceto dia 12 de junho, o local ainda será confirmado).

Dia 16 de maio: Fusão de Saberes, uma oportunidade de união para sobrevivência da humanidade.  Palestrante: Antonio Donato Nobre.

Sinopse

O mundo é um local rico e complexo, que nos oferece um confortável e maravilhoso lar cósmico. Devido à expansão explosiva e ignorante dos limites da natureza, os humanos, ditos civilizados, estão empurrando a Terra para a beirada de um abismo existencial sem fundo. Mais do que nunca, é preciso contemplar os modos alternativos de existência em harmonia com as leis da natureza. E ninguém conhece melhor as leis da natureza do que os povos originários que ainda mantém e cultivam seu saber milenar. Hoje a chamada ciência do branco permite comprovar ‘cientificamente’ a superioridade holística do saber nativo. A palestra fará uma comparação ilustrada desses dois saberes, esclarecendo porque a sociedade deve honrar e preservar os povos originários, não somente por seu valor intrínseco, mas por ela própria depender de se reabilitar neste saber para sua própria sobrevivência. 

Currículo do palestrante 

Antonio Nobre é graduado em Agronomia pela Universidade de São Paulo (1982), tem mestrado em Biologia Tropical (Ecologia) pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (1989) e é PhD em Earth System Sciences (Biogeochemistry) pela University of New Hampshire (1994). Atualmente, é pesquisador titular do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia e pesquisador visitante no Centro de Ciência do Sistema Terrestre, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, onde lidera o grupo de modelagem de terrenos. Tem experiência na área de Ecologia e Geociências, com ênfase em Biogeoquímica, atuando principalmente nos seguintes temas: evolução da vida na terra, ecologia de florestas, ciclo do carbono, efeito estufa, relações biosfera-atmosfera, hidrologia, clima e mudanças globais, sensoriamento remoto, modelagem matemática da paisagem e ordenamento territorial empregando modelos digitais de terrenos. Tem relevante atuação na divulgação e popularização da ciência, em temas como a Bomba Biótica de Umidade e sua importância para a valorização das grandes florestas, e os Rios Aéreos de Vapor, que transferem umidade da Amazônia para as regiões produtivas do Brasil. Atua também na agenda de inovação científica e tecnológica, com a liderança no desenvolvimento do novo modelo HAND de terrenos, aplicado na predição de áreas de risco para inundações e deslizamentos de terra. Atua em variados tópicos na agenda de desenvolvimento sustentável para a Amazônia e tem destacada atuação na popularização da ciência. Ainda atua no Experimento de Larga Escala da Biosfera-Atmosfera na Amazônia (LBA), além de participar no Terrestrial Carbon Observations Panel (GTOS-TCO). Foi relator nos estudos sobre o Código Florestal, promovidos pela SBPC e Academia Brasileira de Ciências. Foi membro do Comitê Científico Superior do Global Carbon Project (IGBP_GCP) e do comitê do Global Canopy Program (GCP_WFO).

Sobre o produtor

Museu do Folclore

O Museu do Folclore de São José dos Campos é uma unidade da Fundação Cultural Cassiano Ricardo, gerido pelo Centro de Estudos da Cultura Popular - CEPC, organização da sociedade civil sem fins lucrativos. O museu foi criado em 1987 e possui, atualmente, mais de 2 mil peças em seu acervo, que identificam as diferentes manifestações da cultura popular do Vale do Paraíba, incluindo as da exposição de longa duração.

Local

Museu Municipal de São José dos Campos
Praça Afonso Pena, 29, Centro
São José dos Campos, SP

Ver mapa

Login

Esqueceu sua senha? Clique aqui.

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.