Certo X errado na tradução de legendas

Faculdade Estácio - São Paulo, SP
25 de maio de 2017, 13h-16h

Compartilhar:

Inscrição

Inscrição
R$ 100,00
Inscrições até 24/05/2017
Encerrado

Descrição do evento

Para quem sabe uma língua estrangeira e assiste a um filme legendado, é muito fácil perceber os erros cometidos pelo tradutor de legendas. Afinal, basta ouvir o que o personagem está falando, ler a legenda e avaliar. Mas será mesmo? A tradução para legendas tem uma série de especificidades que, muitas vezes, são conhecidas apenas pelos profissionais que trabalham nessa área. O tempo de leitura, o espaço disponível em tela, o corte das cenas e os manuais dos clientes influenciam (e muito) nas decisões finais dos tradutores. Por isso, esta oficina pretende demonstrar alguns exemplos de “erros e acertos” clássicos e mostrar que uma avaliação direta da tradução para legendas talvez não seja tão simples.

Metodologia:

Vamos exibir trechos de filmes legendados e discutir as soluções encontradas pelos tradutores a partir de especificidades da legendagem, comparando-as com outras soluções consideradas certas pelos clientes. A ideia é ver se os alunos realmente percebem os erros em legendas ou se só apontam o que consideram diferente do que teriam feito por não conhecerem as regras que os tradutores de legendas têm que seguir.


Carolina Selvatici é bacharel em Comunicação Social - Jornalismo pela UFRJ e mestre em Letras - Estudos da Linguagem pela PUC-Rio. Completou o curso de formação de tradutores Português/Inglês em 2007. Desde então, traduz para diversas editoras e produtoras do país e do exterior. Participou da Fabrique des Traducteurs Português/Francês, realizada em Arles, França, pelo Colégio Internacional de Tradutores Literários (CITL). Participou da elaboração e executou o primeiro edital do Programa de Residência de Tradutores Estrangeiros no Brasil, da Fundação Biblioteca Nacional. Desde 2012, dá aulas na especialização em tradução da PUC-Rio e, desde 2014, orienta alunos do curso à distância do Centre Européen de Traduction Littéraire, de Bruxelas.

Leilane Papa é bacharel em Letras - Inglês/ Português pela PUC-RJ. Antes de fundar a Dispositiva, passou por grandes empresas da indústria audiovisual e acumulou mais de uma década de experiência na área de Tradução e Legendagem, participando de diversos projetos e treinando novos profissionais. Cofundador da Dispositiva, atua na área de seleção, treinamento e certificação da equipe de tradução e de revisão, com foco no direcionamento dos serviços, na padronização do produto e na qualidade final do material.

Sobre o produtor

Café com Tradução

O Café com Tradução é iniciativa de um grupo de tradutores para promover cursos, eventos, palestras e workshops para a educação continuada e integração de profissionais com apoio da ABRATES (Associação Brasileira de Tradutores e Intérpretes).

Desde a sua criação, em 2013, o grupo já realizou dois eventos para tradutores iniciantes e veteranos e, em 2015, deu início a uma série de cursos voltados a tradutores e outros interessados no mercado de tradução.

O grupo trabalha de forma voluntária e não tem fins lucrativos. Toda contribuição é bem-vinda.

Para saber mais sobre os eventos promovidos pelo Café com Tradução, visite nosso site.

Comentários

Local

Faculdade Estácio
Rua Treza de Maio, 681, Bela Vista
São Paulo, SP

Login

Esqueceu sua senha? Clique aqui.

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.