App Sympla
Baixe agora

Arquitetura e Urbanismo Cênico na Experiência do Teat(r)o Oficina

O evento já encerrou...

Ver evento
Evento encerrado

Arquitetura e Urbanismo Cênico na Experiência do Teat(r)o Oficina

IABsp - São Paulo, SP
07 de maio de 2019, 19h - 25 de junho de 2019, 22h

Ingressos

Sócio ou Amigo IABsp
R$ 320,00  (+ R$ 32,00 taxa)
Pague em até 12x
Vendas até 20/05/2019
Encerrado
Não Sócio IABsp
R$ 460,00  (+ R$ 46,00 taxa)
Pague em até 12x
Vendas até 20/05/2019
Encerrado

Descrição do evento

ARQUITETURA E URBANISMO CÊNICO na experiência do Teat(r)o Oficina

PROFESSORAS
Carila Matzenbacher e Marília Gallmeister

DIA DA SEMANA
Terça-feira
HORÁRIO
19:00h - 22:00h

OBJETIVOS
O curso tem por objetivo aproximar os interessados da arquitetura teatral e seu contexto interdisciplinar, através de uma introdução à história da arquitetura cênica mundial, buscando linguagens que influenciaram diretamente a arquitetura e a prática teatral do Teat(r)o Oficina.

PROGRAMA
O curso oferece uma abordagem das arquiteturas e dispositivos cênicos dos teatros grego, romano, japonês, italiano, medieval, e de alguns encenadores, como Vsevolod Meyerhold e Antonin Artaud, elencados por apresentarem uma visão crítica da arquitetura teatral e espaço cênico nas suas encenações. A exposição do panorama do teatro mundial tem a finalidade de aproximar os interessados das principais linguagens da arquitetura teatral fundamentais para a concepção do espaço cênico do Teat(r)o Oficina, expondo pensamentos e soluções que inspiraram o conceito de arquitetura cênica de Lina Bo Bardi, posto em prática no Oficina. O Teatro Oficina atravessou três concepções espaciais, de Joaquim Guedes, Flávio Império e Lina Bo Bardi e Edson Elito. As sucessivas concepções espaciais tiveram relação direta com a linguagem da encenação de cada tempo da companhia, até resultar na permeabilidade radical proposta pelo projeto atual, que concebeu o teatro na perspectiva urbana, através do teatro-rua e do projeto Anhangabaú da FelizCidade; abrindo precedente para a contracenação das peças, da ação política e estética da companhia com a cidade e todas as suas transformações. O curso também propõe conhecer a especificidade do conceito de arquitetura e urbanismo cênico, como pensamento e prática de criação de espaços de encenação na perspectiva arquitetônica e urbana. E, já no final do curso, experimentar o processo de criação de um espaço cênico, passando pela leitura e interpretação de uma peça, até sua exposição nas mais diversas linguagens.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
24h/aula

Aula I (07/05)
1. Apresentação do curso
2. Teatro grego
3. Teatro romano

Aula II (14/05)
1. Teatro medieval
2. Teatro à italiana
3. Teatro japonês

Aula III (21/05)
encenadores:
1. Vsevolod Meyerhold (1874 - 1940, Russia);
2. Erwin Piscator (1893 - 1966, Alemanha)

Aula IV (28/05)
encenadores:
1. Bertolt Brecht (1898 - 1956, Alemanha);
2. Antonin Artaud (1896 - 1948, França);
3. Jerzy Grotowski ( 1933 - 1999, Polônia)

Aula V (04/06)
Teat(r)o Oficina: O espaço cênico e linguagem teatral do Teat(r)o Oficina

Aula VI (11/06)
Leitura de peça O Homem e o Cavalo, de Oswald de Andrade

Aula VII (18/06)
Ateliê para criação do espaço cênico da peça lida

Aula VIII (25/06)
Apresentação e discussão acerca dos projetos apresentados

BIBLIOGRAFIA BÁSICA
ANDRADE, Oswald de, O homem e o cavalo; a morta, in Panorama do Fascismo/ o homem e o cavalo/ a morta. São Paulo: Globo S.A, 2000.
ARTAUD, Antonin, O teatro e seu duplo, São Paulo: Martins Fontes, 1991.
BARDI, Lina Bo, ELITO, Edson; CORRÊA, José Celso Martinez. Teatro Oficina. São Paulo, Sesc, 2015.
BERTHOLD, Margot. História Mundial do Teatro, São Paulo: Ed. Perspectiva, 2005.
BRECHT, Bertold, Estudos sobre teatro. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 2005.
GROTOWSKI, Jerzy. O Teatro Laboratório de Jerzy Grotowski. São Paulo, Ed. SescSP, 2007.
MEYERHOLD, Vsévolod. Do Teatro. São Paulo: Iluminuras, 2012.
PISCATOR, Erwin, Teatro Político, Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1968.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
ABENSOUR, Gerard. Vsévolod Meierhold ou a invenção da encenação. São Paulo: Perspectiva, 2011
ARGAN Giulio Carlo. Walter Gropius e a Bauhaus. São Paulo: José Olympio, 2005
ANDRADE, Oswald de, A utopia antropofágica, São Paulo, Globo, 2011.
___________________, Do teatro que é bom, in: Ponta de Lança, São Paulo, Globo, 2011.
BORNHEIM, Gerard. Brecht, a estética do Teatro. Rio de Janeiro: Graal, 1992 CARON,
Jorge Osvaldo. Território do espelho - a arquitetura e o espetáculo teatral. Tese doutorado, FauUsp, 1994
CORRÊA, José Celso Martinez, Primeiras considerações intempestivas para a criação do primeiro Teatro de Estádio. São Paulo, 2004. Disponível em: http://www.teatroficina.com.br/teatro_estadio, DA SILVA, Armando Sérgio. Oficina: do teatro ao te-ato. São Paulo: Perspectiva, 2008 FORJAZ, Cibele. À luz da linguagem- a iluminação cênica: de instrumento da visibilidade à “escritura do visível”. Tese Doutorado. Eca- Usp, 2013.
GALLMEISTER, Marília, Matzenbacher, Carila, O talento Cultural do Bixiga,http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/minhacidade/15.180/5617, São Paulo, Vitruvius, 2015.
LIMA, Evelyn Furquim Werneck e MONTEIRO, Cássia Maria Fernandes. Entre arquiteturas e cenografias, a arquiteta Lina Bo Bardi e o teatro. Rio de Janeiro: Contra-Capa, 2002
________________. Espaço e teatro: do edifício teatral à cidade como palco, Rio de Janeiro: Ed. 7 letras, 2008
MACHADO, Jurema. Processo de tombamento N 1.515-T-04 TEAT(R)O OFICINA, Brasília, IPHAN, 2010. Disponível em https://anhangabaudafelizcidade.wordpress.com/2012/04/14/parecer-de-jurema-machadotombamento-do-teatro-oficina-iphan/,
MARUOKA, Daiji e YOSHIKOSHI Tatsuo. Noh. Japan: Hoikusha, 1992
MARTINS, Mariano Mattos (org.). Oficina 50+ labirinto de criação. São Paulo: Pancro indústria gráfica, 2013
MOUSSINAC, Léon. História do Teatro, das origens aos nossos dias. São Paulo, Ed. Apartado 37- Amadora, 1957
NERO, Cyro Del. A máquina para os deuses. São Paulo: Senac, 2009
NIETZSCHE, Friedrich. O Nascimento da Tragédia,___________________. A visão dionisíaca do mundo. São Paulo: Martins Fontes, 2010
ORTOLANI, Benito. The japanese theatre- from shamanistic ritual to contemporary pluralismo. New York: E.J. Brill, 1990
PEIXOTO, Fernando. BRECHT. Vida e Obra. Rio de Janeiro: José Álvaro editor, 1968
_________________.
TEATRO OFICINA. In Revista Dyonisios,n 26 Rio de Janeiro: mec- sec, 1982
PICON-VALIN, Béatrice. Meyerhold, São Paulo, Perspectiva, 2013.
RATTO, Gianni. Antitratado de cenografia, variações sobre o mesmo tema. São Paulo: Editora Senac, 2001.
SANTOS, Cecília Rodrigues dos. Teatro Oficina. Defender nosso patrimônio histórico e artístico é alfabetização. ArquiTextos, São Paulo, ano 14, n. 160.01, Vitruvius, set. 2013.
Disponível em http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/14.160/4876,
SIMON, Eckehard. The theatre of medieval Europe. New research in early drama. New York: Cambridge University Press, 1991
SUZUKI, Eico. Nô- teatro clássico japonês. São Paulo: Editora do escritor, 1977
ZILIO, Daniela Tunes. A evolução da caixa cênica- transformações sociais e tecnológicas no desenvolvimento da dramaturgia e da arquitetura teatral. Revista Pós V17 N 27 São Paulo, 2010, disponível em http://www.revistas.usp.br/posfau/article/view/43685/47307,

INFORMAÇÕES
Período: 07/05 à16/07 - terças-feiras (das 19h às 22h)
8 encontros
Local: Sede do IABsp, Rua Bento Freitas, 306 – Mezanino
Custo: Sócio ou Amigo IABsp R$320,00
Não Sócio IABsp R$460,00

Associe-se ao IABsp!
iabsp.org.br/index.php/associe-se/

Formas de pagamento: cartão de crédito (até 10x), débito online ou boleto bancário pelo site https://organizador.sympla.com.br/painel-do-evento?id=488256

Obs. A realização do curso se dará somente mediante a inscrição mínima de 20 inscritos.

Instituto de Arquitetos do Brasil - Departamento de São Paulo
Fone: (11) 3259-6866
E-mail: cursos@iabsp.org.br

Sobre o produtor

Plataforma de Ensino IABsp

O IAB INSTITUTO DOS ARQUITETOS DO BRASIL É UMA CONSTRUÇÃO HISTÓRICA DO ENGAJAMENTO POLÍTICO DOS ARQUITETOS NAS CAUSAS SOCIAIS E CULTURAIS DA CIDADE. DURANTE DÉCADAS, GERAÇÕES DE ARQUITETOS INTERESSADOS EM PARTICIPAR DE MANEIRA ATIVA DO DEBATE SOBRE O URBANO PASSARAM POR SUA DIRETORIA. PARTICIPE, ASSOCIE-SE

Local

IABsp
Rua Bento Freitas , 306, Vila Buarque
São Paulo, SP

Ver mapa

Login

Esqueceu sua senha? Clique aqui.

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.