App Sympla
Baixe agora

Sobre a morte e o morrer - Cuso online da Fundação Elisabeth Kübler-Ross

O evento já encerrou...

Ver evento

explore outros eventos como esse

Evento encerrado

Sobre a morte e o morrer - Cuso online da Fundação Elisabeth Kübler-Ross

Evento online
13 de março de 2019, 14h - 24 de abril de 2019, 16h

Inscrição

Inscrições entre 23 de jan. a 5 de fev. 
R$ 340,00
em até 12x R$ 34,14
Inscrições até 05/02/2019
Encerrado
Inscrições de 6 de fev. a 20 de fev.
R$ 405,00
em até 12x R$ 40,66
Inscrições até 20/02/2019
Encerrado
Inscrições a partir de 21 de fev.
R$ 495,00
em até 12x R$ 49,70
Inscrições até 13/03/2019
Encerrado

Descrição do evento


Curso on-line comemorativo dos 50 anos da obra "Sobre a morte e o morrer", de Elisabeth Kübler-Ross, que revolucionou as atitudes diante da morte na contemporaneidade

Este curso de 14 horas/aula tem como objetivo fornecer informações sobre a vida e a obra de Elisabeth Kübler-Ross, sua história de vida, as lutas civis e humanitárias pelo direito de grupos minoritários; discutir sobre o que consistiam os Seminários sobre a Morte e o Morrer, e seu método pedagógico; a análise das reações emocionais no trabalho com a morte e o morrer; as principais influências de Elisabeth para o movimento hospice; as concepções básicas desta pioneira sobre o cuidado de pessoas diante da morte e seus familiares; um esclarecimento sobre o modelo estágios do processo do morrer, de 1969; uma conversa sobre o trabalho humanitário e clínico de Elisabeth, sua influência na abertura de mais de 100 hospices ao redor do mundo; o trabalho da Fundação Elisabeth Kübler-Ross em 9 países, especialmente no Brasil.

Público alvo: todas as pessoas interessadas em conversar sobre a morte e o morrer.

Na programação deste curso teremos 7 aulas on-line, com duração de 2 horas cada, das 14h às 16h, com o seguinte conteúdo:

Aula 1 - Um chá com Elisabeth: história de vida, sonhos de infância, lutas civis, direito das minorias
Ementa: Discussão sobre a vida, a infância, os primeiros anos de Elisabeth e o impacto dessas experiências para o futuro; Elisabeth na Segunda Guerra Mundial e o trabalho humanitário no Pós-Guerra; a reconstrução de Écurcey; a experiência nos campos de concentração; o trabalho humanitário de Albert Schweitzer; o trabalho com prostitutas vítimas da Sífilis; a escolha pela Medicina e, mais tarde, pela Psiquiatria; o trabalho com pacientes psiquiátricos renegados; o trabalho com pessoas diante da morte, que eram excluídas do convívio social; o trabalho com crianças diante da morte, que eram invisibilizadas; defesa de direitos dos índios norte-americanos; defesa dos direitos de pessoas com AIDS; as causas sociais e do meio ambiente.

Aula 2 - Sobre a morte e o morrer: Os seminários sobre a morte e o morrer
Ementa: Análise da história da tanatologia nos Estados Unidos da América e da criação do método inovador dos Seminários sobre a Morte e o Morrer; objetivo dos Seminários; como Elisabeth fazia na prática; entrevistas com pessoas diante da morte e seus familiares; tratamento de dados; como esse trabalho prioneiro se conecta com a história de vida de Elisabeth; análise das entrevistas e exame das reações emocionais dos presentes; como questões internas e situações mal resolvidas podem interferir em nosso trabalho com pessoas diante da morte.

Aula 3 - Escutando as pessoas diante da morte: técnicas, recursos e instrumentos de cuidado baseados no legado pioneiro de Elisabeth Kübler-Ross
Ementa: Exame da proposta pioneira de Elisabeth Kübler-Ross para tomar os pacientes como professores em sua radicalidade, e o que isso significa na prática; escutando as pessoas diante da morte atento a si mesmo; explorando sentidos e significados atribuídos à experiência de adoecimento e de confrontação com a morte; linguagem simbólica de pessoas diante da morte; diferenças entre as necessidades dos pacientes diante da morte e dos seus familiares; comunicação como recurso de cura interna.

Aula 3 - Análise das reações emocionais no trabalho com pessoas diante da morte: autocuidado como imperativo ético
Ementa: Análise de conceitos-chaves como transferência e contratransferência no cuidado com pessoas diante da morte; impasses vividos no dia a dia de pessoas diante da morte; análise da implicação do cuidador no processo de cuidado com pessoas diante da morte; aderência subjetiva, exaustão emocional e a diferença do bournout; acessando e reconhecendo a sabedoria que se expressa pelo corpo; desenvolvendo recursos de auto-cuidado; lidando com situações limites com compaixão e sabedoria.

Aula 4 - O paciente como professor: escolhas e decisões à luz dos valores de cada pessoa adoecida
Ementa: Desenvolvimento de recursos para colher a história de vida e a experiência de adoecimento de cada paciente, seus valores e sua visão de mundo, para se discutir como se integrar isso a um plano de cuidados singular; avaliação de como se integrar a medicina baseada em evidências com a medicina baseada em valores; o tempo da escuta e a importância da vinculação segura; como tomar o paciente como professor para cuidar dele mesmo; acessando a expertise do paciente e validando sua experiência.

Aula 5 - A morte como última etapa do crescimento: criando um ambiente amoroso e acolhedor para o desenvolvimento das potências humanas diante do fim
Ementa: Compreender a importância de cuidar com amor e recursos técnico-científicos para ajudar os pacientes até seus últimos momentos; a criação do termo "morte digna" e a análise do discurso de Kübler-Ross sobre "morrer em paz"; a função de uma unidade hospice e as condições ambientais que podem ajudar as pessoas a morrer em paz; o processo de cuidar de pessoas morrendo para a construção de uma vida com significado, ainda que diante do seu final; o que é indispensável a um hospice ou a um serviço de cuidados paliativos, do ponto de vista de Elisabeth; a morte como uma oportunidade de cresciment; o trabalho da Fundação Elisabeth Kübler-Ross no mundo, e em especial na América Latina, na América Central e no Brasil.

Aula 6 - Tarefas inacabadas: 
Ementa: Investigar como ajudar as pessoas a lidar com Tarefas Inacabadas; análise das Tarefas que os pacientes não desejam resolver, e o impasse familiar; a função das defesas psíquicas no processo de morrer, e a emergência por se resolver Tarefas Inacabadas; recursos para se ajudar a resolver Tarefas quando as pessoas relacionadas não estão presentes; produção de legado; acessando a experiência de paz a partir da resolução de Tarefas Inacabadas; intervenções familiares para quando não há amor afetuoso entre os membros; lidando com raivas, culpas, abandono e sofrimentos variados; a síndrome do anjo sem asas.

Aula 7 - Aula final: O Modelo de 5 Estágios do Processo do Morrer
Ementa: Contextualizando o modelo de 5 estágios, na década de 1960; principal influência teórica: Anna Freud, a filha do criador da Psicanálise, que elaborou uma teoria sobre o ego e os mecanismos de defesa; análise dos modelos descritivos predominantes no século XX: fases & estágios; análise do quadro conceitual proposto por Elisabeth na obra "Sobre a morte e o morrer"; exame de trechos da obra, para se evitar críticas excessivamente simplificadas; 5 estágios com associados entre si; choque, esperança, luto antecipatório, decatexia; negação parcial: estágios perdidos?; a tanatologia moderna: modelos descritivos e explicativos; modelos conteporâneos para o processo do luto; o legado de Elisabeth Kübler-Ross para a contemporaneidade.

Informações essenciais:

  • Os certificados serão emitidos pela Fundação Elisabeth Kübler-Ross para os alunos que cumprirem 75% da carga horária.
  • Não será feito reembolso, em nenhuma circunstância, para solicitações a partir de 6 de fevereiro de 2019.
  • Alguns dias antes, será enviado um link com a sala virtual onde as aulas poderão ser acompanhadas.
  • Serão oferecidos descontos de 15% para ex-alunos da EKR/Brasil, para estudantes de graduação e pós-graduação, para alunos e ex-alunos da Casa do Cuidar, de São Paulo. Solicitados em receber o desconto devem solicitar a bolsa através do e-mail: ekrbrasil@gmail.com

Ministrantes:

O curso será ministrado por Rodrigo Luz e Daniela Freitas Bastos, presidente e vice-presidente, respectivamente, do capítulo brasileiro da Fundação Elisabeth Kübler-Ross.

Mais informações, clique no logo abaixo:


Sobre o produtor

Elisabeth Kübler-Ross Brasil

Elisabeth Kübler-Ross (1926-2004) foi uma médica psiquiatra nascida na Suíça, radicada nos EUA, pioneira no movimento dos estudos sobre a morte e o morrer, o luto, a tanatologia e os cuidados paliativos. Numa iniciativa inédita no Brasil, a partir da fundação do capítulo brasileiro da Elisabeth Kübler-Ross Foundation, iniciamos este grupo de estudos sobre a obra e o pensamento de Elisabeth Kübler-Ross, como uma forma de resgatar o seu legado. Este curso é realizado pelo capítulo brasileiro da Elisabeth Kübler-Ross Foundation.

Login

Esqueceu sua senha? Clique aqui.

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.