App Sympla
Baixe agora

Shows Terceiro Olho de Marte e Andréa Manoel

O evento já encerrou...

Ver evento

explore outros eventos como esse

Evento encerrado

Shows Terceiro Olho de Marte e Andréa Manoel

Casa Absurda - Fortaleza, CE
24 de agosto de 2019, 20h-23h55

Ingressos

Ingresso único
R$ 20,00
em até 4x R$ 5,38
Vendas até 24/08/2019
Encerrado
Ingresso único (meia-entrada)
R$ 10,00
em até 2x R$ 5,23
Vendas até 24/08/2019
Encerrado

Descrição do evento

TERCEIRO OLHO DE MARTE FAZ SHOW DE LANÇAMENTO DE ÁLBUM NA CASA DE ABSURDA

Abertura será da cantora Andréa Manoel

A banda Terceiro Olho de Marte fará show de lançamento do álbum “Herbarium Parabolicae ou Língua Secreta das Sementes”, na Casa Absurda, no próximo 24 de agosto, a partir de 20h. A abertura será da cantora Andréa Manoel, com o show do seu álbum “Poética.Telúrica.Concreta”.

Terceiro Olho de Marte é um projeto experimental que nasceu no ano de 2012, em Sobral como projeto de gravação lo-fi e surgiu oficialmente como banda em 2015 em Fortaleza, com Igor Gonçalves, Levy Donizetti, Roberto Borges e Daniel Araujo focando na sua necessidade de traduzir o processo de criação de cenários sonoros em forma de canções um pouco tortas.

“Herbarium Parabolicae ou Língua Secreta das Sementes”, lançamento do selo Mercúrio Música, é um álbum que foi gravado de fevereiro a julho de 2019 no Caixa de Fósforo Studio, por Paulo Maia, que também assina a mixagem. A masterização ficou por conta de Igor Miná, do Mocker Studio, contando com as participações de clau aniz, Dani Wega, Paulo Maia e da banda Glamourings.

O disco foi pensado como uma compilação de delírios que narram desde formas alteradas de ver o cotidiano até rituais de contato com energias mais sutis. As passagens que deslizam entre o orgânico e o sintético, entre as raízes e os cabos conectores, entre os tambores e os osciladores são uma narrativa que tem como objetivo a invocação de dimensões que só acessamos em sonhos e alucinações, onde se confundem deuses com viajantes interplanetários e as tentativas de contato são as mesmas, sejam elas rumo ao magma do centro da terra ou rumo a um cinturão galáctico distante.

Melodias sombrias, sintetizadas e drama poético... esse é o Dark Pop de Andréa Manoel, uma cantora e compositora cearense que mistura a música regional com tecnologias sonoras. Em seu primeiro disco, “Poética.Telúrica.Concreta” ela apresenta uma precisão linear entre as músicas que se intercedem, literalmente.  Com treze faixas de sua autoria, produzido por ela mesma, Ivan Timbó(Sepassando.Rec), Carlos Gadelha(Jardim das Horas) e Roque Ney Mota, e que levou três anos para ser concluído, ela mostra as disparidades e encontros entre cidade e sertão, como dois ambientes de resistência, ao mesmo tempo que seu som tem uma certa elegância noturna. As músicas, já influenciadas pelo eletrônico incógnito do Dark Pop, trazem beats com
traços do Hip Hop, mais especificamente do Boom Bap e o Trap , ao mesmo tempo em que exala melodias que lembram a música nordestina no que ela tem de mais rústico ou elaborado. As composições também têm inspiração em discos ultramodernos lançados na virada do milênio, além de livros, filmes e documentários com temáticas sertanejas, vistos por Andréa. Mais uma das qualidades do seu primeiro disco, além do time de peso da produção musical, são as participações especiais nos instrumentos musicais, entre eles Oscar Arruda, Cid, Emmanuel Braga Jr.(Descendentes da Índia Piaba), Ednar Pinho(Argonautas), Carlinhos Maia e Romualdo Bass(Renegados).

Sobre o produtor

Mercúrio Música

Produtora do evento

Local

Casa Absurda
Rua Isac Meyer, 108, Aldeota
Fortaleza, CE

Ver mapa

Login

Esqueceu sua senha? Clique aqui.

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.