App Sympla
Baixe agora

Seminário Viver Sustentável

Museu da Escola Catarinense - Florianópolis, SC
23 de outubro de 2019, 14h-21h30

Ingressos

R$ 0,00

Momento de Meditação com Eliana Freitas 
Grátis
Vendas até 23/10/2019
Esgotado
Cidades+B-Colaboração Sistêmica para Inovação 
Grátis
Vendas até 23/10/2019
0
Dinâmica do Aquário  
Grátis
Vendas até 23/10/2019
0
Roda de Conversa 
Grátis
Vendas até 23/10/2019
0
Método de Compostagem Doméstica Bokashi 
Grátis
Vendas até 23/10/2019
0
Oficina Criativa Ecológica 
Grátis
Vendas até 23/10/2019
0
Oficina da Terra para Crianças 
Grátis
Vendas até 23/10/2019
0
Espaço Meditação e práticas de Yoga 
Grátis
Vendas até 23/10/2019
0
Coffee break 
Grátis
Vendas até 23/10/2019
0
Reciclagem de Lixo Eletrônico Wee. Do. 
Grátis
Vendas até 23/10/2019
0
Painel 
Grátis
Vendas até 23/10/2019
0

Descrição do evento

Programação Seminário Viver Sustentável 

 


A partir das 14h – Credenciamento e entrega de brindes.

14h às 14h50 – Boas Vindas aos participantes: Momento de Meditação com Eliana Freitas.

15h às 15h15 – Abertura Oficial do Seminário Viver Sustentável 2019,  com Mediação da Silvia Luz, Promotora do Sistema B em Santa Catarina, Psychologist, Social Entrepreneur, Project Management Fellow Social Good Brasil. 

15h20 às 16h20 – Palestra com Tomás de Lara: Cidades+B - Colaboração sistêmica para inovação e resiliência.

 

Ações simultâneas das 16h30 às 18h:

 

16h30 às 18h – Dinâmica do aquário: Continuidade sobre Cidades + B e ainda trocar uma ideia com o Tomás de Lara. 

16h30 às 18h10 - Rodas de Conversa: 

16h30 às 16h55 – Roda de conversa: Casa Origem com Arthur Ferreira. Conheça o primeiro restaurante com certificação Lixo Zero do Brasil.

16h55 às 17h20 – Roda de conversa: Comunidade B com Jean Roversi. O que é o sistema B, e como a sua empresa pode participar.

17h20 às 17h45 – Roda de conversa: Movimento ODS Santa Catarina. Ações desenvolvidas pelo Movimento ODS SC para desenvolver Floripa.

17h45 às 18h10 – Roda de conversa: “Como transformar tributos em árvores” com André Xavier Alves. Benefícios de se investir em projetos socioambientais, tanto para o mundo quanto para a própria empresa, para ter ganhos com aumento de vendas, engajamento dos colaboradores e economia.

16h30 - 18h - Oficinas Técnicas:

16h30 – 17h30 – Método de Compostagem Doméstica Bokashi: Compostagem simples que pode ser feito em pequenos espaços e que usa microrganismos eficientes para fermentar resíduos de alimentos, incluindo frutas, legumes, carnes, laticínios e pão, para transformá-los em adubo.

17h – 18h – Oficina Criativa Ecológica: oficina criativa ecológica de motivação para atitudes mais sustentáveis! De forma lúdica, através de muita informação e jogos ecooperativo,  os participantes da oficina poderão recalcular sua pegada ecológica deixada no planeta!

17h – 18h – 17h – 18h – Oficina da Terra para Crianças: Como o plantio de mudas pode ser divertido e sensibilizar as crianças sobre a preservação do meio ambiente, realizada pela Ong Autonomia e Floram. 

16h30 – 17h30 – Espaço Meditação e práticas de Yoga.

18h15 – 19h15 – Coffee break. 

18h15 –  18h40 – Programa de Reciclagem de Lixo Eletrônico com a Wee. Do. 

18h50 – 19h15  –  Atração musical com Chris Buys.

19h15 – 19h30 – Espaço Patrocinador - Engie. 

19h30 – 21h10 – Painel:

19h30 - 19h55 – A Força Tarefa DOA – Defesa, Orientação e Apoio as Pessoas em Situação de Rua (PSR’s). A missão da Força Tarefa DOA é a articulação e Integração dos Órgãos Governamentais e Entidades da Sociedade Civil com o objetivo de resgatar a cidadania, criar oportunidades e reintegrar à sociedade as pessoas em situação de rua.

19h55 - 20h20 -  Mobilidade Urbana -  Projetos da Prefeitura de Florianópolis para o desenvolvimento da mobilidade urbana da cidade.

20:20 - 20:45 - "Bioarquitetura  - como as construções podem ser projetadas considerando o bem estar dos usuários, o clima e o território local, utilizando materiais naturais e técnicas construtivas apropriadas ao contexto do projeto e apropriáveis pela mão de obra, buscando um baixo impacto ambiental e respeito aos ciclos naturais.

20:45 - 21:10 - Cidades inteligentes - Modelo de Caso aplicado: Como podemos contribuir para tornar nossa cidade mais sustentável e inteligente com André Xavier Alves. 

 

Durante o evento, terá a Exposição fotográfica Almas realizada pelo Fotógrafo Leonardo Rizzaro com a Ong Autonomia que atua no acolhimento e desenvolvimento de famílias de autistas e pessoas com deficiência.  

 

Conheça mais sobre a Palestra: Cidades+B – Colaboração sistêmica para inovação e resiliência.

Os desafios socioambientais nas cidades estão cada vez mais complexos e mais difíceis de serem solucionados. A lógica da competição, do cada um por si, ainda é o paradigma predominante. Qual é o limite do crescimento? Sabemos que a terra é finita, e mais do que nunca, seus recursos naturais e “serviços sistêmicos” estão se esgotando. É nossa responsabilidade sermos a mudança que queremos ver no mundo. Chega de erguer muros, a hora agora é de construir “pontes” e iniciativas e soluções sistêmicas baseadas no paradigma da colaboração e integração. A resiliência de um organismo complexo, como a cidade, envolve todos, afinal, somos “vizinhos” e somente através do entendimento da lógica da interdependência, conseguimos evoluir como civilização. Como bem resumiu Ban Ki-moon, ex-secretário geral da ONU, responsável pela articulação global dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: “nossa luta pela sustentabilidade global será ganha ou perdida nas cidades”.

Miníbio Palestrante:

Tomás de Lara

Cofundador e colíder do Cidades+B, cofundador e cochair do Colaboramerica (1º Festival de Novas Economias da América Latina), conselheiro do Sistema B Brasil e do CEBDS (Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável), cofundador da Goma (ecossistema empreendedor e espaço colaborativo), tecelão de redes e organizações, e professor em cursos de inovação econômica no Brasil e outros países, Tomás é administrador de empresas, com master em comunicação digital, especialista em economia colaborativa e sustentável. Já atuou como conselheiro do Instituto Coca-Cola Brasil. Seu trabalho tem foco na criação e impulso de novas organizações que fomentam uma economia centrada no desenvolvimento humano e integrada à natureza.

 

Comentários

Local

Museu da Escola Catarinense
Rua Saldanha Marinho, 196, Centro
Florianópolis, SC

Ver mapa

Login

Esqueceu sua senha? Clique aqui.

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.