App Sympla
Baixe agora

Oficina Teatral - O Corpo Criador

O evento já encerrou...

Ver evento

explore outros eventos como esse

Evento encerrado

Oficina Teatral - O Corpo Criador

Cineramabc Arthouse - Balneário Camboriú, SC
20 de julho de 2019, 09h - 21 de julho de 2019, 14h

Ingressos

Único
R$ 300,00  (+ R$ 30,00 taxa)
em até 12x R$ 33,13
Vendas até 20/07/2019
Encerrado

Descrição do evento

**OFICINA TEATRAL - O CORPO CRIADOR, COM GEÍSA FRÖHLICH**
Para despertar a consciência corporal e as emoções

**RESUMO**
Todos nós temos a capacidade de potencializar nossas capacidades criativas através do autoconhecimento. Isto pode ser feito por meio do contato com o nosso corpo, ampliando nossas vivências e despertando a nossa criatividade. Tem interesse em despertar sua consciência corporal e suas emoções? Então venha "desconstruir" para "construir" e descobrir um corpo mais potente e presente na oficina O Corpo Criador, com a atriz e diretora Geísa Fröhlich - por meio de jogos teatrais (teatro físico, improvisação, interpretação).

**SOBRE GEÍSA FRÖHLICH**
Atriz formada pela CAL (Casa das Artes de Laranjeiras) DRT: 32190
Bacharel em Comunicação Social – Jornalismo pela Uninorte Laurent 
Pós- graduanda de Cultura e História pela Estácio de Sá.
Experiência de 16 anos como professora de teatro em festivais, escolas de formação de atores, estúdio de pesquisa teatral, produtora de elenco, módulos para curso de comunicação (rádio e TV), workshops e oficinas livres – adultos, crianças e alunos especiais. 
Realizou cursos complementares na Escola Tablado, e estudos com profissionais renomados das Artes Cênicas, como Antunes Filho, Zé Celso Martinez, Luis Louis, Clara Carvalho, João Fonseca, John Mowat, entre outros. 
Preparadora de elenco em teatro e cinema. Direção teatral. Projetos de Arte-educação. Experiência com TV (incluindo apresentação de programas de cultura), atriz de teatro e cinema (já participou de 11 curtas-metragens, de diretores independentes no Rio de Janeiro, Amazonas e São Paulo, e espetáculos teatrais do RJ e Am). É idealizadora da Oficina O Corpo Criador, que circula o Brasil.

**INFORMAÇÕES GERAIS**
Local: Cineramabc Arthouse, Estúdio e Auditório Livre
Endereço: Rua São Paulo 581-1, Bairro dos Estados, Balneário Camboriú/SC
Data: 20 e 21/07/2019
Horário: 9h às 14h
Investimento: R$ 300,00

**SAIBA MAIS**

Apresentação
Desde o início dos tempos, o homem usou o gesto como primeira forma de comunicação. Por isso, embora o teatro tenha surgido oficialmente na Grécia Antiga, no século V a.C., esta arte se reflete, e nasce na verdade junto com o próprio homem.

Desde o momento que nascemos estamos em constante descoberta. Para o renomado psicólogo Nathaniel Branden, a autodescoberta é uma arte e, como qualquer arte, requer prática, paciência e técnica. Afinal, o ideal do autoconhecimento é tão antigo quanto a cultura da Grécia clássica, que tinha como máxima: 'Conheça-te a ti mesmo'. Para ele, a autodescoberta está ligada a auto-expressão, e consequentemente a autocura.

Para estudiosos do corpo, como Laban, a experiência do corpo poético é a experiência do corpo vivo, animado por forças da imaginação, do sentimento, da emoção e intuição. É um dinamismo simultaneamente material e imaginário, que expressa a potência do princípio criativo e pode resultar em concepções e práticas inovadoras de vida!

Segundo Matschnig, Monika, o corpo fala, porque revela os verdadeiros sentimentos e pensamentos, pois é o espelho da alma. E nesta descoberta do próprio corpo, dos diferentes gestos e possibilidades de movimentos que o ator desperta a partir de si mesmo, e da autodescoberta, a leitura de seu estado emocional – adotando diferentes posturas e podendo externar as descobertas a partir do processo, ou mesmo, alterar este estado emocional.

Quanto mais o ator descobre suas potencialidades corporais e gestuais, cria um repertório que pode ser utilizado a qualquer momento, seja na construção de sua personagem, ou na construção do papel social que você deseja empregar.

Para Eugênio Kusnet o teatro é a representação da vida do espírito humano em público e de forma estética, mas para a criação de uma personagem é preciso “desconstruir”, para “construir”. O ator. Aluno precisa estar livre dos chamados “vícios corporais”, e se permitir ir além das possibilidades comuns do dia-a-dia.

Matschning reforça que “é possível aprender a ter uma atitude convincente, empregando os seus sinais corporais com objetividade”.
E é por meio de jogos teatrais e uma técnica baseada em várias áreas do conhecimento e teóricos e com a orientação do professor, encenador, que o ator, aluno vai desenvolvendo seu próprio repertório.

Maria C. Novelly, em Jogos Teatrais, afirma que estas atividades despertam o interesse e a criatividade, estimulando, assim, o desenvolvimento de habilidades técnicas no palco.

Mas estes mesmos jogos teatrais podem servir de ferramenta, para a autodescoberta e maior habilidade para desenvolver outras atividades que deliberem o uso da gestualidade, como é o caso dos comunicadores, por exemplo.

Além disso, Viola Spolin enfatiza que o jogo instiga e faz emergir uma energia do coletivo. Mas do que mera atividade lúdica, o jogo teatral é um poderoso instrumento de ensino, aprendizagem. Para ela, o material do teatro, gestos e atitudes é experimentado concretamente no jogo sendo que a conquista gradativa de expressão física nasce da relação que deve ser estabelecida com a sensorialidade.

Arthur Morey salienta que os jogos ajudam a desenvolver habilidades performáticas, a compreensão como artistas, mas também como pessoas capazes de manifestar diferentes e diversas formas de expressão, por meio do corpo e do gesto.

Os jogos tornam os alunos conhecedores de si mesmos, desenvolvendo a intuição e a imaginação, assim como descobrir como se projetar em situações não familiares.  Assim como aprender a concentrar suas energias e compartilhar-las de maneira adequada.

O curso pretende ir além do aprendizado teatral, sendo usado como ferramenta para desenvolver as habilidades e atitudes e sendo úteis em todos os aspetos de aprendizagem e da vida.

Metodologia
Aulas práticas – Jogos teatrais, teatro físico, técnicas de corpo e movimento, interpretação, a partir de exercícios conduzidos pela instrutora. A teoria também é discutida nas aulas, assim como serão analisadas as atividades e as percepções dos participantes, em grupo.
A cada aula, o repertório de técnicas corporais, unido ao processo de autoconhecimento irá ampliando as possibilidades de movimento, gestos e performance. Exercícios de improvisação também são incorporados às aulas para a experimentação conjunta de todas as técnicas.

A música é utilizada como recurso para despertar emoções e movimentos, assim como, textos, palavras, poesia, objetos, entre outros estudos que possam surgir, ou sejam necessários no processo.
As aulas podem ser ministradas em Whorkshopps de 1 ou 2 dias, 1 semana ou 10 dias ou fixos em projetos de extensão ou escolas de teatro, e;ou, artes.

Materiais necessários: Roupas confortáveis, sala de aula, caixa de som.

Objetivos
1) “Descontruir para construir” a partir de uma pesquisa, uma investigação corporal e emocional.
2) Ampliar a compreensão do trabalho corporal com o movimento e o trabalho das emoções. Destina-se a todos os interessados em uma prática que encare o corpo como fonte de conhecimento, e que amplie os horizontes da nossa singularidade e inserção efetiva no mundo.
3) Despertar a criatividade e o autoconhecimento, a partir de diferentes formas de movimentos e gestos que somos capazes de realizar, além de despertar no aluno a capacidade de comunicar as emoções por meio de um repertório corporal (aprendido e construído). 

Justificativa
Por meio de exercícios e técnicas de teatro, teatro físico, corpo e movimento e outros mecanismos de atividades corporais, esta oficina foi construída ao longo de uma experiência de 16 anos de prática, em escolas de formação para tores, festivais, cursos livres, imersões; e pretende despertar os alunos, para o principal instrumento de trabalho do ator: seu próprio corpo, a relação com o espaço e com o outro, além de suas próprias emoções. As atividades são capazes de desinibir e despertar o corpo criador.

Os jogos permitem além do autoconhecimento, o despertar do coletivo, da criatividade, desenvolvendo a intuição e a imaginação, assim como descobrir como se projetar em situações não familiares e aprender a concentrar suas energias e compartilhar, as mesmas, de maneira adequada.

"O corpo do Ator" pretende despertar a consciência corporal, por meio de exercícios e técnicas de diferentes teóricos, passando pelo teatro físico, teatro dança, interpretação.

Público-alvo
Atores iniciantes ou não, estudantes de teatro e dança, profissionais da área de corpo, comunicadores, artistas em geral, e ou quaisquer pessoa interessada em desenvolver o autoconhecimento, por meio do estudo do gesto.

Sobre o produtor

Cineramabc Arthouse

A casa artístico-cultural de Balneário Camboriú.

Local

Cineramabc Arthouse
São Paulo, 581, 1, Estados
Balneário Camboriú, SC

Ver mapa

Login

Esqueceu sua senha? Clique aqui.

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.