Oficina: Roteiro Avançado com Di Moretti (12h)

Sistema Meta de Ensino - Juiz de Fora, MG
02 de dezembro de 2016, 19h30 - 03 de dezembro de 2016, 18h30

Compartilhar:

Descrição do evento

// Sobre o curso


Oficina destinada a produtores audiovisuais e roteiristas que pretendem aperfeiçoar as especificidades que englobam as diversas técnicas e temáticas da confecção de um roteiro cinematográfico. A oficina se divide em diversas atividades, apresentação de tópicos específicos e exercícios práticos.




// Datas, Horários e valores


Sexta-feira, 2 de Dezembro, 19h30 - 22h30.

Sábado, 3 de Dezembro, 8h30 - 18h30


Inscrições pelo Sympla: R$280 (até 10x no Cartão)

Inscrições presenciais na Impulso: R$260,00 (à vista)




// Local


Sistema Meta de Ensino. Rua Francisco Brandi, 20. São Mateus. Juiz de Fora (MG).




// Sobre o instrutor


Formado em Rádio/TV (FAAP) e jornalismo (PUC), iniciou sua carreira como redator de programas de rádio e televisão, passando logo para os vídeos institucionais. Desde o inicio dos anos 90, consolidou sua trajetória profissional como roteirista de cinema, professor (Sesc, Escola São Paulo, Espaço Unibanco, FAAP, Festival de Brasília, Mostra Tiradentes...), e consultor de roteiro (Sundance Institute, Laboratório Sesc de Roteiros...). 


Roteirizou longas-metragens premiados, como: O VELHO (doc.), LATITUDE ZERO, AS VIDAS DE MARIA, CABRA-CEGA, FILHAS DO VENTO, NOSSA VIDA NÃO CABE NUM OPALA, 23 ANOS EM 7 SEGUNDOS (doc.), NO OLHO DA RUA, 4 X TIMÃO (doc.), SIMPLES MORTAIS, TROPICÁLIA (doc.), A ÚLTIMA ESTAÇÃO e DOMINGUINHOS. Em processo de pós-produção está outro documentário DO PÓ DA TERRA. Para a TV, além de documentários históricos, esportivos e de natureza; roteirizou o especial O MENINO GRAPIÚNA para a TV Record; uma série policial O GRAMPO e desenvolve atualmente um núcleo criativo de séries de tv premiado pelo Fundo Setorial, uma delas de sua autoria, O MAL DA CURA.




// Informações:


www.facebook.com/impulso.hub

tutoria@impulsohub.com.br

(32) 3211-2233




// Ementa


1. O roteirista:


Apresentação do roteirista. Explanação sobre o “desejo de escrever”. Citação de bibliografia e filmografia básicas para consulta e informação. Mergulho no processo de criação e de realização de um roteiro, relação/tempo/pesquisa/ produtividade. Análise completa da função de um roteirista e de como ele interage com as várias etapas da produção de um filme. Informações do mercado de trabalho, como oportunidades, cachês, contratos, direitos autorais e a representatividade da categoria. Informações sobre a viabilização do trabalho de um roteirista através de concursos promovidos, tanto por empresas privadas como por órgãos públicos. Concursos tradicionais de entidades particulares de estímulo à cultura, como Fundação Vitae, Sundance Institute, USA Net, Motion Pictures Association... Leis de incentivos e editais públicos das esferas municipais, estaduais e federais, como leis de isenção de impostos, lei do “Audiovisual”, “Rouanet”, “Marcos Mendonça”, BNDES e concursos anuais promovidos pelo Ministério da Cultura, como: projeto, roteiro, curta-metragem, documentário, oficina de autores...


2. A pesquisa

 

Mediante o roteiro escolhido parte-se para o desenvolvimento de uma pesquisa complexa do tema. Histórico, costumes, hábitos, linguagem, cenografia, música, figurinos, diálogos, ações... Este módulo contextualiza o roteiro e o deixa crível a qualquer tipo de análise da forma ao conteúdo.


3. O roteiro e a forma

  

Noções gerais de como formatar um roteiro: idéia, storyline, argumento, sinopse, tratamento, storyboard... Descrição de roteiro literário e do roteiro técnico. Montagem formal de um roteiro: seqüências, cenas, cortes e as principais regras da escrita e composição. 


4. A narrativa e os personagens


O roteiro aqui se submete a uma análise de sua construção narrativa, quem conta e a quem se dirige à história central. Desenvolvimento de flashbacks, flashfowards, linguagem direta, narrador observador, onisciente...

Uma vez aplainado o terreno da história, vamos identificar seus personagens, quantificá-los, conhecê-los, saber se podem ser suprimidos, concentrados, universalizados...


5. O personagem e o diálogo


Desenvolvimento integral dos personagens do enredo. Definição de protagonistas, antagonistas, coadjuvantes, e figurantes. Análise de tipos, protótipos e estereótipos. A importância do personagem no contexto da história, suas características físicas e psicológicas. Adequação da linguagem, musicalidade, coloquialismo, fluidez, correção gramatical, discurso direto, subjetividade, narração...


6. O curta, o longa e o documentário


A síntese narrativa, as distinções e especificações entre a construção de um roteiro para diferentes metragens cinematográficas. As distinções com a ficção, a pesquisa literária, o material de arquivo, a iconografia, os depoimentos, a reconstituição histórica...


7. O estilo e a adaptação


Discussão sobre os diferentes gêneros de roteiro cinematográfico: aventura, comédia, policial, terror, musical, drama, ficção científica...

A distinção entre roteiro original e o roteiro adaptado. As diversas fontes de adaptação, o teatro, a literatura, a música, as histórias em quadrinhos...


8. A Produção


Descrição ligeira de todas etapas de produção de um filme e a participação do roteirista em cada fase: pesquisa, roteirização, leitura dramática, ensaios,  pré-produção, filmagem, montagem,  mixagem, finalização, distribuição, exibição, divulgação.


Sobre o produtor

Impulso Hub Audiovisual

Audiovisual conectando ideais, pessoas e soluções. Visite nosso site: www.impulsohub.com.br

Comentários

Local

Sistema Meta de Ensino
Rua Francisco Brandi, 42, São Mateus
Juiz de Fora, MG

Login

Esqueceu sua senha? Clique aqui.

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.