App Sympla
Baixe agora

Musical Billie Holiday, a Canção - “um espetáculo à flor da pele”

Teatro da Cidade - Belo Horizonte, MG
11 de outubro de 2019, 21h - 13 de outubro de 2019, 22h

Ingressos

R$ 0,00

Inteira 11/10 (SEXTA-FEIRA) 21 HORAS 
R$ 50,00  (+ R$ 5,00 taxa)
em até 12x R$ 5,52
Vendas até 11/10/2019
Encerrado
Meia entrada 11/10 (SEXTA-FEIRA) 21 HORAS 
R$ 25,00  (+ R$ 2,50 taxa)
em até 6x R$ 5,07
Vendas até 11/10/2019
Encerrado
Inteira 12/10 (SÁBADO) 21 HORAS 
R$ 50,00  (+ R$ 5,00 taxa)
em até 12x R$ 5,52
Vendas até 12/10/2019
Encerrado
Meia-entrada 12/10 (SÁBADO) 21 HORAS 
R$ 25,00  (+ R$ 2,50 taxa)
em até 6x R$ 5,07
Vendas até 12/10/2019
Encerrado
Inteira 13/10 (DOMINGO) 20 HORAS 
R$ 50,00  (+ R$ 5,00 taxa)
em até 12x R$ 5,52
Vendas até às 20h
0
Meia-entrada 13/10 (DOMINGO) 20 HORAS 
R$ 25,00  (+ R$ 2,50 taxa)
em até 6x R$ 5,07
Vendas até às 20h
0

Descrição do evento

A ETERNA DAMA DO JAZZ, BILLIE HOLIDAY, APORTA EM NOSSA CIDADE EM MONÓLOGO MUSICAL DRAMÁTICO 

Nos próximos dias 11,12 e 13 de outubro, estará aportando em nossa cidade o drama musical Billie Holiday, a Canção - “um espetáculo à flor da pele”, produzido pela TAMPA Produções Artísticas, de Aracaju-Sergipe. O texto emblemático foi escrito pelo virtuoso poeta e escritor sergipano, Hunald de Alencar - um baluarte das letras entre os mais expressivos literatos do Brasil -, e conta os últimos dias de vida da Dama Negra do Jazz numa enfermaria de hospital, no Harlem, em Nova Iorque, internada por acometimento de uma cirrose hepática provocada pelo uso abusivo do álcool, além de drogas ilícitas que foram enfraquecendo pouco a pouco o seu coração. Em seu monólogo solitário, Billie Holiday vai expurgando as suas dores, amarguras e ressentimentos, os quais somente são aplacados pelas canções que a tornaram a maior cantora de Jazz do planeta! A música é a única coisa que consegue içá-la do infortúnio. A cantriz Tânia Maria impressiona pela semelhança física e similaridade vocal com a cantora americana, numa interpretação vigorosa de arrepiar até os mais insensíveis. A inegável ousadia e inquestionável qualidade técnica do trabalho impressionam a todos com entusiasmo cativante. Em Belo Horizonte, o espetáculo estará se apresentando no Teatro da Cidade, importante espaço cultural e histórico de nossa capital. A produção local é do músico, cantor e compositor Jorge Dissonância e da jornalista Sarah Santos. 

Sobre o produtor

Sarah Santos e Jorge Dissonância

Jorge Dissonância é músico, cantor e compositor e Sarah Santos é produtora e jornalista.

Comentários

Local

Teatro da Cidade
Rua da Bahia, 1341, Local aberto duas horas antes, exposição de arte e desconto no estacionamento ao lado, Centro
Belo Horizonte, MG

Ver mapa

Login

Esqueceu sua senha? Clique aqui.

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.