App Sympla
Baixe agora

III Fórum Internacional: Novas Abordagens em Saúde Mental em Curitiba

O evento já encerrou...

Ver evento

explore outros eventos como esse

Evento encerrado

III Fórum Internacional: Novas Abordagens em Saúde Mental em Curitiba

Universidade Federal do Paraná - Campus Jardim Botânico - Curitiba, PR
26 de junho de 2019, 09h-18h

Inscrição

Lote Promocional
R$ 50,00
Pague em até 12x
Inscrições até 10/02/2019
Encerrado
1º lote
R$ 65,00
Pague em até 12x
Inscrições até 31/03/2019
Encerrado
2º lote
R$ 75,00
Pague em até 12x
Inscrições até 26/04/2019
Encerrado

Descrição do evento

INSCRIÇÕES ESGOTADAS INSCRIÇÕES ESGOTADAS

JUSTIFICATIVA E OBJETIVO

O III Fórum Internacional: Novas Abordagens em saúde mental UFPR têm por objetivo promover um espaço de debates e trocas de experiências entre pessoas e organizações que vêm construindo novas práticas em saúde mental, visando o desenvolvimento da qualidade dos serviços em articulação com a comunidade.

A idealização desse Fórum advém de articulações entre profissionais de saúde, professores, da IMHCN (International Mental Health Collaboration Network), do CENAT (Centro Educacional Novas Abordagens Terapêuticas), professores da UFPR, usuários e familiares.

Os objetivos do evento contemplam:

·         Potencializar as parcerias entre trabalhadores, usuários dos serviços, suas famílias e comunidades;

·         Implementar estratégias de desinstitucionalização com foco em recovery e inclusão;

·         Criar oportunidades para troca de idéia e discussão de outras opções para o avanço no cuidado em saúde mental, incluindo examinar o uso de medicamento como condição do tratamento em saúde mental;

·         Aumentar a conscientização de profissionais e trabalhadores da saúde sobre a importância de construir novas estratégias de abordagem em saúde mental, juntamente com os usuários dos serviços e suas famílias;

·         Discutir e divulgar experiências inovadoras que vem produzindo  mudanças significativas no campo da saúde mental no Brasil e em outros lugares do mundo.

TÓPICOS A SEREM DISCUTIDOS NO EVENTO

O objetivo é alcançar a saúde e bem-estar, independentemente do grau do transtorno mental ou angústia do indivíduo.

Isto requer uma mudança de paradigma no pensamento de patologia e doenças em direção à auto determinação, histórias de vida, forças humanas, esperanças e sonhos, apoio dos pares e de controle por parte do usuário, com apoio de profissionais como parceiros, mentores e defensores.

Sentimentos suicidas e justiça social

Sentimentos suicidas são cercados por medo e incompreensão. As comunidades são frequentemente julgadoras e encorajadas a relatar sentimentos suicidas aos profissionais de saúde mental, enquanto o padrão de cuidados em saúde comportamental enfatiza a avaliação rápida de risco e a intervenção médica.

Essa abordagem profissionalizada realmente apoia as pessoas e previne o suicídio? Ou às vezes pode piorar as coisas? Quais são as novas maneiras de reagir e viver com sentimentos suicidas? Como pode a necessidade de prevenir o suicídio também abraçar uma perspectiva de direitos humanos? 
Embora tenha a intenção de ajudar, a hospitalização forçada pode acabar causando mais danos. Muitas pessoas com medo de tratamentos forçados aprendem a esconder seus sentimentos suicidas.

Esta Palestra ajudará a superar o tabu em torno dos sentimentos suicidas, nos capacitará a falar mais abertamente, nos dará ferramentas concretas para engajar a nós mesmos e aos outros e nos preparar para transformar culturas organizacionais e respostas comunitárias a sentimentos suicidas, especialmente relacionados a ouvir vozes e experiências psicose.

O treinamento é baseado em mais de 10 anos de trabalho de Will Hall com grupos de apoio de pares; sua experiência como terapeuta e instrutor de saúde mental, e sua história pessoal como sobrevivente de tentativas de suicídio e como alguém que perdeu um membro da família ao suicídio.

Práticas alternativas a medicalização:

Uma alternativa à medicalização social no âmbito da atenção à saúde é a pluralização terapêutica das instituições de saúde, ou seja, a valorização e o oferecimento de práticas e medicinas alternativas e complementares.

Will vai falar de Abordagens que vem sendo desenvolvidas com grande sucesso na busca de autonomia do usuário.

Peer Support:

O suporte interpares é uma abordagem inovadora que vem sendo, crescentemente, incorporada aos sistemas e políticas públicas de saúde mental, embora ainda pouco implementada e investigada no contexto brasileiro. 

Baseia-se na crença de que pessoas com problemas de saúde mental, que passaram por situações crise ou adoecimento e conseguiram superá-las em sua jornada de recuperação, podem estabelecer uma relação de ajuda, respeito mútuo e suporte social com outras pessoas que estejam passando por situações similares.

Da vulnerabilidade social à vulnerabilidade psíquica: Uma proposta de cuidado em saúde mental:

Entende-se que situações de vulnerabilidade social, contextos de violência e ambientes de conflito são fatores chave para o desencadear de problemas e dificuldades psicológicas, principalmente no que concerne a criança e ao adolescente.

A periferia, espaço diversas vezes excluído da agenda governamental, acaba sendo um terreno fértil para atividades prejudiciais a psique dessa faixa da população. Projetos são desenvolvidos visando afastar essas pessoas de situações de risco.

Por meio do cuidado preventivo, da brincadeira e de espaços “protegidos” da influência negativa direta, a criança e o adolescente podem ter um lugar para desabafar, crescer e compartilhar abertamente sobre suas dores e medos.

Pretende-se oferecer por meio da troca e do carinho um ambiente ameno e voltado para essas pessoas. A brincadeira e o lúdico teatral são duas das ferramentas de cuidado e desenvolvimento utilizadas.

O objetivo da mesa é tratar dessas questões, visando ser um espaço para o pensar de projetos, soluções e melhorias no que concerne a vulnerabilidade social e suas consequências ao estado psicológico dos mais jovens. 

 PERFIL DO PÚBLICO ALVO

Trabalhadores e estudantes da área da saúde e saúde mental; usuários dos serviços de saúde mental e seus familiares; pessoas que escutam vozes.

COMISSÃO ORGANIZADORA E APOIOS

CENAT

IMHCN (Rede Internacional de Colaboração em Saúde Mental)

UFPR

 PALESTRANTES

Palestrante: Will Hall (EUA)
Currículo: Conselheiro, escritor e professor.Foi usuário do serviço de saúde mental, ele é um líder na abordagem de recovery em saúde mental e é um organizador dentro do movimento de sobreviventes psiquiátricos nos Estados Unidos. Hall é reconhecido internacionalmente como inovador no tratamento e na resposta social à psicose. Em 2001, ele fundou o Freedom Center e de 2004 a 2009 foi co-coordenador do The Icarus Project. Ele foi consultor dos Direitos Mentais dos Deficientes Internacionais, do Programa de Ação e Resposta Familiar e do Escritório sobre Violência Contra as Mulheres. Atualmente Will é pesquisador na Universidade de Maastricht na Holanda.

Palestrante: Prof  Deivisson Vianna Dantas (UFPR) 
Currículo: Médico, Psiquiatra, Mestre e Doutor em Saúde Coletiva pela (UNICAMP). Atualmente é Docente Adjunto do Departamento de Saúde Comunitária da (UFPR) e coordena a linha de cuidado em saúde mental da Fundação Estatal de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba (FEAES). Possui MBA em Gestão em Saúde pela (FGV). Trabalhou na supervisão, gestão e preceptoria de residentes em psiquiatria em diversos equipamentos de saúde de Curitiba-PR e Campinas-SP e já ocupou o cargo de coordenador de saúde mental neste último município. 

Palestrante: Profa Sabrina Stefanello  (UFPR)
Currículo: Médica Psiquiatra, Mestre e Doutora na UNICAMP. Pós-doutorado em Saúde Coletiva da Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP e Pós-doutorado no Departamento de Artes e Ciências Sociais da Universidade de Montreal (Quebéc-Canadá). Tem experiência em pesquisa, reabilitação e inclusão social de egressos de hospitais psiquiátricos, em prevenção do suicídio e ensino de psiquiatria. Atua como professora da UFPR e supervisora de residentes de Psiquiatria na rede de saúde de Curitiba.

Palestrante: Catarina Dahl (OPAS/OMS)
Currículo: Psicóloga, Mestre em Saúde Coletiva (UNICAMP) e Doutora em Saúde Mental (IPUB/UFRJ). Tem experiência em clínica, pesquisa, ensino e gestão na área da saúde mental pública.  Atualmente é Consultora Nacional de Saúde Mental na Organização Pan-Americana da Saúde  (OPAS/OMS). 

Mais palestrantes a serem confirmados

PROGRAMAÇÃO

26 de junho
8:30 – 9:00 Credenciamento
8:50 – 9:00 Mesa de Abertura 
9:00 - 10:30  Saúde Mental em Pessoas vulneráveis (Deivisson Viana)
10:30 – 10:40 – Coffe Break
10:40 – 12:20 Medicalização os Riscos e Alternativas (Will Hall) 
12:20 -14:00  Intervalo Almoço
14:00 – 15:30   Peer Support: Suporte interpares na saúde mental no contexto do Brasil. (Catarina Dahl)
15:30 – 15:40 – Coffe Break
15:40- 17:00.  Prevenção ao suicídio (Will Hall)
16:40 – 18:00 Experiência que promovem mudança no sentido de respeito aos direitos e redução de estigma (Sabrina Stefanello)


INVESTIMENTO

INSCRIÇÕES ESGOTADAS

Lote Promocional 40 primeiros inscritos 
Valor inscrição: R$ 55,00

1º Lote 
Valor inscrição: R$ 65,00

2º Lote 
Valor inscrição: R$ 75,00

*Vagas limitadas 

Formas de pagamentos:

Cartão crédito em até 6 vezes (Com Juros)
Boleto
*Nota fiscal é emitido logo após a confirmação do pagamento.

O que está incluso na inscrição:
Palestras 
Tradução Inglês-Português 
Brindes
Certificado com carga horária de 10 h

DATA E LOCAL

Data: 26 de junho de 2019

Horário: 9:00h ás 18:00h

Local do Evento:  UFPR Campus Jardim Botânico 

Auditório Gralha Azul: Av. Prefeito Lothário Meissner, 632 - Jardim Botânico

Dúvidas enviar email: pablovalente@cenatcursos.com.br

HOTEL OFICIAL DO FÓRUM

A organização do Fórum em saúde mental em Curitiba UFPR fechou uma parceria com o site Booking.com.  Indicamos hotel na região central de Curitiba, opção de Hotel a partir de R$ 100,00.

Clique Aqui para pesquisa o seu hotel


Dúvidas sobre o Fórum enviar email: pablovalente@cenatcursos.com.br ou clique aqui para enviar uma mensagem para o nosso whatsapp


Sobre o produtor

CENAT (centro educacional novas abordagens terapêuticas)

Local

Universidade Federal do Paraná - Campus Jardim Botânico
Avenida Prefeito Lothario Meissner, 632, Jardim Botânico
Curitiba, PR

Ver mapa

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.