App Sympla
Baixe agora

Fórum - A Representatividade Negra nas Mídias Digitais

UCSAL - Campus Pituaçu - Universidade Católica do Salvador - Salvador, BA
20 de novembro de 2019, 18h30-21h

Ingressos

R$ 0,00

Inscrição Individual
Grátis
Vendas até 20/11/2019
0
Total
R$ 0,00

Descrição do evento

O EVENTO (Inscrições Gratuitas)

 

O Fórum “A Representatividade negra nas mídias digitais” acontecerá no dia Nacional da Consciência Negra, data dedicada à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A atividade propõe reflexões e debates em torno da temática do racismo nos meios de comunicação, com foco na afetação dos influenciadores digitais sobre essa pauta. 

 

TEMAS


O racismo institucional nos meios de comunicação - É notável que os meios de comunicação, de uma forma geral, estruturam e institucionalizam o racismo por diversas formas, podemos ilustrar o que diz o jornalista e professor da UFRJ Muniz Sodré, quando apresenta quatro fatores articulados do racismo institucionalizado. Primeiro, a negação: quando tende-se a negar a existência do racismo. Em seguida, o recalcamento, em seus diferentes modos de produção, os meios recalcam aspectos identitários das manifestações simbólicas de origem negra e indígena, por exemplo. O terceiro fato é a estigmatização, quando os meios constroem identidades alimentadas por uma tradição de preconceitos e rejeições. Por fim, a indiferença profissional, sendo empresas que visam ao lucro, os meios pautam-se pelos ditames do mercado e pouco se interessam por questões como a discriminação. 

 

Propostas de enfrentamento do racismo nas redes sociais - Como bem cita o pesquisador brasileiro Muniz Sodré, no livro Claros e escuros: identidade, povo e mídia no Brasil, “a mídia funciona, no nível macro, como um gênero discursivo capaz de catalisar expressões políticas e institucionais sobre as relações inter-raciais, (...) que, de uma maneira ou de outra, legitima a desigualdade social pela cor da pele.” (SODRÉ, 1999, p.243). Ou seja, é no espaço midiático que ocorrem grande parte das relações étnico-raciais brasileiras. Mas, se este espaço é um dos principais reprodutores da lógica racista, pode também servir para promover a igualdade racial num país plural como o Brasil. Apesar de ainda haver muito por se construir até que a “cara pública” do nosso país – sobretudo aquela que se apresenta na televisão aberta – seja de fato a representação da nossa diversidade, há que se considerar alguns aspectos positivos e mudanças neste sentido. 

 

Influenciadores digitais negros e o ativismo por igualdade - Em nenhum outro momento da história negras e negros, mesmo que de forma individual, alcançaram um público tão grande, público este passivo de tomar decisões que podem impactar de forma substancial a presença de uma empresa, serviço ou marca. Apesar de percebermos avanços nesse sentido, ficam evidentes as dificuldades e diferenças entre ser um influenciador digital negro e um branco em nosso país, isso não só no aspecto dos contratos, mas também no apoio logístico, número de pedido de trabalhos e também nos recebimentos dos cachês onde há diferenças gritantes, acompanhando as disparidades do mercado de trabalho, mesmo quando o influenciador tem milhares de seguidores. Nesse aspecto, vale o debate sobre a importância desse ativismo por igualdade.


PROGRAMAÇÃO

18:30 - Recepção e Credenciamento

18:50 - Apresentação das mesas

19:00 - Mesa de debate

            Tema: O racismo institucional nos meios de comunicação 

Palestrante: Yuri Silva

19:30 - Momento de perguntas e contribuições dos participantes

19:50 - Mesa de debate 

            Tema: Propostas de enfrentamento do racismo nas redes sociais 

Palestrante: Midiã Noelle

20:20 - Momento de perguntas e contribuições dos participantes

20:40 - Considerações finais dos Palestrantes

21:00 - Encerramento do Evento (agradecimentos)

(Programação sujeita a alterações)

PROFISSIONAIS CONFIRMADOS

YURI SILVA - Jornalista formado pela Unijorge, coordenador-geral do Coletivo Entidades Negras (CEN) e membro do Conselho Editorial do portal Mida 4P na função de editor chefe. Foi repórter de Cidade, Política, Economia e outras editorias no jornal A tarde durante quatro anos e meio, especializando-se na cobertura de temas relacionados à pauta negra e das religiões afro-brasileiras. Trabalhou no jornal O Estado de São Paulo, O Estadão, como correspondente na Bahia durante as eleições presidenciais e estaduais de 2018. Atualmente, atua como consultor na área de comunicação política para meios digitais e offline, além da paixão que mantém pela reportagem.



MÍDIÃ NOELLE - Jornalista, Mestre em Cultura e Sociedade pela UFBA e colunista do Jornal Correio para pautas raciais. Tem experiência nas áreas de comunicação para a promoção dos direitos humanos. Atualmente é assessora da iniciativa sobre redução de danos e políticas sobre drogas Programa Corra pro Abraço e também integra a Mahin - Organização de Mulheres Negras, o Instituto Ceafro para educação de gênero e raça e o coletivo Afronte a Comunicação. Atuou como repórter do Jornal CORREIO; editora substituta do Correio24horas; roteirista e produtora do Documentário RG Quilombola; repórter freelancer do G1-Portal de Notícias da Globo; assistente de Comunicação do Fundo de População das Nações Unidas; mediadora do Selo UNICEF, entre outras experiências. Foi eleita uma das Mulheres Inspiradoras do ano de 2016 pelo site feminista Think Olga pela criação do site A Lista Negra, que conta histórias de vida de empreendedores negros.

Sobre o produtor

Discentes do Curso de Comunicação Social

O evento é uma atividade de extensão promovida pelos estudantes do Curso de Comunicação Social da Universidade Católica do Salvador, da disciplina Psicologia do Comportamento do Consumidor orientado pela Professora Silvana Sarno.

Comentários

Local

UCSAL - Campus Pituaçu - Universidade Católica do Salvador
Avenida Professor Pinto de Aguiar, 2589, Pituaçu
Salvador, BA

Ver mapa

Login

Esqueceu sua senha? Clique aqui.

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.