App Sympla
Baixe agora

Embala Eu, Mainha!

R. do Riachuelo, 641 - Recife, PE
20 de outubro de 2019, 13h30-17h30

Descrição do evento

E se, ao contar histórias, você pudesse se entregar de uma forma a tocar mais profundamente seu público? A se conectar com ele? A levá-lo ao encontro do encantamento?

E se você pudesse se abrir para se divertir ainda mais ao contar histórias? Sem deixar que a timidez ou o nervosismo te bloqueiem?

Você já sabe fazer  isso...faz parte da sua natureza humana!

Mas suas habilidades podem estar encobertas por emoções ou pensamentos que interferem no momento de contar histórias.

A vivência Embala Eu, Mainha! é a reunião das melhores práticas que eu, Júlia Soares, aprendi e utilizo em minha experiência para contar histórias em público.

Nela você vai acessar a inteligência nata do seu corpo para brilhar quando conta histórias.



PROPÓSITO DA VIVÊNCIA :

- Trazer ferramentas práticas para lidar com a timidez e o nervosimo em público;

- Elevar o sentimento de confiança e segurança para contar histórias em público.

- Ser um momento ÂNCORA de confiança, ou seja, uma  referência positiva emocional para ser resgatada nos momentos de timidez ou nervosismo.


PARA QUEM:

- O Embala Eu, Mainha! foi planejado para pessoas que contam histórias .

OBS.:

  1. Quem não conta histórias, mas quer falar ou dar aulas ou palestras em público também pode se inscrever nesta vivência.
  2. Quem deseja vivenciar um experiência para trazer mais confiança diante dos desafios da vida também irá se beneficiar desta vivência


BENEFÍCIOS:

- Grande mudança positiva no estado de auto confiança para se expressar em público;

- Mais segurança para estar diante de público e levar a própria voz;

- Uma vivência âncora positiva para o corpo para ser resgatada em momentos de tensão ou nervosismo;

- Momento para experimentar a espontaneidade do corpo e da voz de forma brincante, com respeito e em ambiente seguro

- Libera tensões emocionais e proporciona o relaxamento.


O QUE É O EMBALA EU , MAINHA! 

É uma vivência poética que utiliza dinâmicas lúdicas, como brincadeiras e cantigas da cultura popular, rememorando momentos de confiança e de alegria da infância e propiciando o brincar para o adulto.

A vivência é embasada no resgate da criança interior de cada adulto. Busca proporcionar a integração de dois aspectos da criança que cada adulto foi:

- o aspecto da criança divina, plena em suas potencialidades;

- e o aspecto da criança ferida, que nos traz sensações de nervosismo diante do público.

Toda a vivência é conduzida de forma lúdica, onde cada participante interage brincando, da forma que se sente confortável. 



NA PRÁTICA A VIVÊNCIA  ACONTECE ATRAVÉS DE:

-  brincadeiras populares

- exercícios de respiração do yoga do riso

- momento de investigação livre e aberta de um conto popular

- atividades com Soulcollage (R) - produção de imagens criativas para acessar a sabedoria interior

- meditação guiada para o encontro com a criança interior


ESSA VIVÊNCIA É PARA VOCÊ QUE:

- quer saber administrar o nervosismo ou bloqueio diante do público;

- quer lidar com a timidez diante do público;

- quer contar histórias em público de forma mais confiante e serena;

- quer ser mais você, estar mais espontânea em público.

- quer acessar mais da sua confiança diante da vida.


-> IMPORTANTE: As vagas são LIMITADAS, por ser uma evento vivencial, onde cada participante tem espaço de expressão e de fala caso assim queira.


BÔNUS DA VIVÊNCIA :

1- Ao final da vivência,  um arquivo com as letras das brincadeiras populares e a instrução de como se brincam;

2- Um áudio com a meditação guiada da vivência, para fazer em casa sempre que sentir vontade;

3- Acesso à Jornada Ousada Timidez até o dia 20 de Novembro, até 1 mês depois da vivência, através do Youtube.***


*** Se você não participou da Jornada Ousada Timidez, essa é uma chance para assisti-la. Nela há 4 webnários através dos quais compartilho exercícios que você pode fazer em casa e levar para sua rotina para lidar com o nervosismo e timidez em frente ao público. Esses exercícios te ajudarão a se sentir mais segura(o) ao contar histórias,e, como consequência, dar um passo a mais para se conectar ao público com encantamento. 

-> Confere os depoimentos espontâneos de quem participou da Jornada Ousada Timidez: 





BÔNUS EXCLUSIVO PARA QUEM SE INSCREVER ATÉ O DIA 30 DE SETEMBRO:
   

Uma mentoria em grupo Júlia Soares, a Persistente Confiança,  onde será compartilhado como você pode ter o controle da sua confiança. Serão sugeridas formas de como você pode organizar sua rotina para incluir mais confiança nela. Essa mentoria é online e de 4 semanas:  1 vez por semana, serão compartilhados outros  exercícios simples e eficientes , e uma forma de como inclui-los na sua rotina. Como ela vai acontecer? Através de áudios e vídeos enviados pelo Whatsapp. 

 

  • Se você quer levar sua voz às pessoas à sua volta...
  • Se você quer levar mais histórias ao mundo..
  • Se quer acessar mais da coragem e confiança que já existem em você...


                        - Então essa vivência é para você!


"Mas Júlia, eu sou muito tímida...não sei se vou me sentir à vontade nessa vivência!"

- A vivência é conduzida de forma respeitosa, em local seguro, onde ninguém é exposto e nem levado a fazer nada que lhe deixe desconfortável. Ao contrário, tudo é conduzido de forma leve, brincante e poética, com respeito à expressão e desejo de cada participante.


"Mas Júlia, eu não sou tímida, só fico nervosa em algumas situações"

- A Vivência se propõe a ser um momento de âncora positiva para ser resgatado no corpo em situações de nervosismo. Como assim? Em momentos de nervosismo em público, o sentimento de grande autoconfiança experimentado na vivência pode ser trazido de volta ao corpo, ajudando a contornar efeitos indesejáveis como tremedeira, suor, hesitação, branco. 


"Mas Júlia, eu não sou tímida nem fico nervosa, posso participar?"

- Claro! A vivência vai também te ajudar a estar ainda mais confiante para contar histórias em público


"Mas Júlia, eu não conto histórias. Mas sou tímida para falar em público. Posso participar?"

- Claro! Essa vivência não vai ensinar a contar histórias. O objetivo é ajudar pessoas que queiram estar mais confiantes diante da vida!


"Mas Júlia, e se eu não gostar da vivência?"

- Criei essa vivência baseada em todas as experiências que já vivi. Um tímida de nascença, tive muita dificuldades para conseguir contar histórias em público. Aprendi, aos poucos, exercícios que trouxeram para meu corpo físico, mental e emocional mais confiança para me expressar. São as experiências que funcionam comigo que serão compartilhadas.

Acredito tanto que também pode te ajudar que assumo o risco. Se você não gostar, basta me informar logo ao término da vivência que devolvo integralmente seu pagamento.


CONFERE O QUE FALOU QUEM JÁ PARTICIPOU DA VIVÊNCIA:







QUEM IDEALIZOU E CONDUZ A VIVÊNCIA? - Júlia Soares ( Júlia Sol)



Me chamo Júlia Soares e ajudo pessoas a se expressarem com mais confiança e leveza. 

Sou cientista Náutica por formação, e trabalhei por oito anos a bordo de navios. Hoje em dia navego apenas pelos mares e rios das histórias.

Mergulhei nessas águas através de um curso de formação de Contadores de Histórias. Por amar estudar e aprender sobre a arte de contar histórias, participei de diversas oficinas e cursos livres sobre o tema, e tive a oportunidade, por duas vezes, de assistir  ao Encontro Internacional de Contadores de Histórias, o Boca do Céu. A primeira vez em 2016, a última em 2018.

Fiz outro mergulho um pouco mais profundo através de uma especialização em Literatura Infantojuvenil pela Fafire. Lá, entre tantas vertentes, escolhi focar nos contos de tradição oral e nas expressões da cultura popular.

Em 2016, me redescobri um ser brincante numa formação internacional em Líder de Yoga do Riso. Desde então, percorro um caminho lúdico para me relacionar com o mundo e para ajudar as pessoas a encararem seus desafios, por isso me certifiquei também como facilitadora de Soulcollage®, uma técnica de colagem criativa para acessar a sabedoria inata que temos.

No últimos 2 anos, venho me aprofundando não apenas no resgate da minha criança interior, mas no estudo e na imersão vivencial sobre o tema, como o workshop "Constelando a Criança Interior", do Instituto Constelar, e o programa "Retorno à Essência: O Resgate da Criança Interior" , da Spontaneum. 

Trago para minha vida prática como contadora de histórias as leis da Constelação Familiar. É das experiências por que passei e dos estudos que faço no curso "Constelação na Prática", de Ana da Fonte em parceria com a Universidade do Ser, que trago o entendimento do que recebo de meus pais e que me dão força e luz para me colocar à serviço através das histórias.

Hoje, trabalho como contadora de histórias e ajudo pessoas que também contam histórias a se expressarem com mais confiança e leveza.

 Acredito que a infância que tivemos, e que ainda está dentro de nós, revela o caminho para sermos felizes. Prezo e respeito as crianças dos dias atuais, pois sei que um mundo mais amoroso está no futuro delas. 


QUEM É A PARCEIRA, QUE CANTA E LEVA A MÚSICA PARA A VIVÊNCIA? - Beth Cruz




Beth Cruz é mãe, pedagoga, enfermeira, pós-graduando em musicoterapia, compositora, técnica em música, cantora, atriz, pesquisadora da tradição oral, contadora e cantadeira de histórias, brincante, professora de musicalização infantil, vocalista da Banda “Beth Cruz”.  Atua profissionalmente desde 2002 e, a partir de 2016, começou a escrever histórias infantis.  

Atualmente coordena o Projeto “Contando e Cantando Histórias”, através do qual promove eventos de contação de histórias na praça pública do bairro de Jardim São Paulo, em Recife-PE. Além da presença de Beth Cruz, esses eventos contam com a participação de contadoras de histórias convidadas.

Em sua trajetória, percorre o mundo literário através de ações lúdicas pedagógicas como multiplicadora de leitura e da cultura popular brasileira. 

Cresceu em meio às cantigas e brincadeiras populares e, por influência dos seus antepassados, a sua proposta é bordar histórias contadas, cantadas e autorais. Busca  promover as culturas africana e indígena, dando sentido ao incentivo e a prática da leitura.   

Se considera uma eterna aprendiz de crianças e andarilha nas palavras.

Sobre o produtor

Júlia Soares

Júlia Soares, de nome artístico Júlia Sol, é contadora de histórias. Além disso, contribui para que outras pessoas que também contam histórias se expressem com confiança e leveza. Sua missão é contribuir para um mundo de paz ajudando as pessoas a se permitirem espontâneas.

Comentários

Local

R. do Riachuelo, 641
Rua do Riachuelo, 641, Boa Vista
Recife, PE

Ver mapa

Login

Esqueceu sua senha? Clique aqui.

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.