App Sympla
Baixe agora

CURSOS DE INVERNO - Brincar heurístico : a brincadeira livre e espontânea das crianças de 0 a 3 anos

O evento já encerrou...

Ver evento

explore outros eventos como esse

Evento encerrado

CURSOS DE INVERNO - Brincar heurístico : a brincadeira livre e espontânea das crianças de 0 a 3 anos

Instituto Proximo Passo - São Paulo, SP
18 de julho de 2019, 14h-17h

Ingressos

INGRESSO
R$ 20,00  (+ R$ 2,50 taxa)
Pague em até 12x
Vendas até 18/07/2019
Encerrado

Descrição do evento

Brincar heurístico : a brincadeira livre e espontânea das crianças de 0 a 3 anos


O brincar heurístico é uma proposta pedagógica do Currículo da Cidade de São Paulo entenda melhor: 

brincar heurístico desenvolvido por Elinor Goldschmied, famosa educadora britânica e reconhecida na Europa no campo de gerenciamento de creches, é uma abordagem para a aprendizagem de crianças que estão em seu segundo ano de vida, quando elas têm o desejo natural de conhecerem o mundo em que vivem e seus elementos, a partir da ação direta sobre eles.

A etimologia da palavra “heurístico” é grega, deriva de eurisko e significa descobrir ou alcançar a compreensão de algo.

Na brincadeira heurística, Goldschmied qualifica as ações educativas na creche e propõe a exploração de diferentes objetos e o que acontece com eles quando as crianças combinam um elemento com o outro.

Sabe aquela velha história que todo mundo conhece de a criança bem pequena ser curiosa, querer mexer em tudo? Então… ela aproveitou essa atividade espontânea deles e organizou a brincadeira em cesto dos tesouros e jogos heurísticos. Os dois, portanto, compõem a brincadeira heurística.

No brincar heurístico, o adulto tem papel fundamental em organizar o espaço de forma a convidar as crianças para explorar os objetos oferecidos e apoiá-las em suas próprias descobertas, interferindo o mínimo possível. O espaço também deve ser tranquilo, sem muitos estímulos visuais e deve-se permitir que cada criança siga seu ritmo, concentrando-se durante a atividade de descobertas dos materiais não-estruturados que serão oferecidos a ela.

Os materiais devem ser oferecidos levando em conta a quantidade, diversidade, qualidade, segurança e continuidade. Para o cesto dos tesouros, devem ser colocados cerca de 40 a 60 objetos para cada cesto. No jogo heurístico, 50 itens.

Além disso, para o cesto dos tesouros, deve-se levar em consideração algumas características dos bebês que irão participar da proposta: são bebês que já devem conseguir ficar sentados sem apoio e não devem estar caminhando ainda. O ideal é oferecer um cesto para 2 a 4 bebês.

Para os jogos heurísticos, as características das crianças que participam deles são as que já caminham. Os jogos heurísticos, portanto, são uma continuidade do cesto dos tesouros.

É importante também considerar a natureza dos elementos oferecidos, evitando-se o plástico e elegendo materiais de propriedades diversas, essencialmente naturais.



Fabiana Ferreira
Pedagoga, Psicopedagoga e Arte terapeuta 

Experiencia Profissional
Prof de Educação Infantil, Coordenadora Pedagógica e participou do grupo de estudos das praticas pedagógicas da criação do Currículo da Cidade de São Paulo ( 2016 à 2018)

Sobre o produtor

Instituto Próximo Passo

https://www.facebook.com/Iproximopasso/

Local

Instituto Proximo Passo
Rua Jequirituba, 83, Sobre loja - Salas 1 e 2, Jardim Colonial
São Paulo, SP

Ver mapa

Login

Esqueceu sua senha? Clique aqui.

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.