App Sympla
Baixe agora

Curso DOC_MOD | com Bebeto Abrantes

O evento já encerrou...

Ver evento

explore outros eventos como esse

Evento encerrado

Curso DOC_MOD | com Bebeto Abrantes

Diadorim - Rio de Janeiro, RJ
10 de setembro de 2019, 19h-22h

Inscrição

Inscrição Promo 20
R$ 1.260,00
em até 12x R$ 126,51
Inscrições até 07/09/2019
Encerrado
Inscrição Promo 10
R$ 1.420,00
em até 12x R$ 142,57
Inscrições até 08/09/2019
Encerrado
Inscrição Full
R$ 1.570,00
em até 12x R$ 157,63
Inscrições até 09/09/2019
Encerrado

Descrição do evento

CURSO DOC_MOD
Documentário Contemporâneo Brasileiro

DESCRIÇÃO

Curso, voltado a todas as pessoas interessadas em escrever projetos voltados ao mercado audiovisual, seja TV ou Cinema, que consiste em 8 aulas, com um total de 24h de duração, ministrado por Bebeto Abrantes, com metodologia que inclui fundamentação teórica e muita prática, completa de exercícios, bibliografias, fontes de pesquisa e com uma avaliação final. As aulas acontecerão sempre às Terças-feirasdas 19h às 22h, no bairro do Flamengo - RJ (endereço indicado ao final da página). 

OBJETIVOS 

Ao longo de 8 aulas DOC_MOD traça um panorama crítico e histórico da produção de documentários nacionais e internacionais, especialmente, o documentário contemporâneo brasileiro. (1995-2018)

Nos últimos anos a cultura do documentário (Doc.) cresceu visivelmente do ponto de vista quantitativo, mas sobretudo, na qualidade e riqueza das suas abordagens e estilos. 

O objetivo do curso é explorar essa riqueza, oferecendo informações essenciais e instrumentos de análise e elaboração de roteiros, alinhados - narrativa e esteticamente - com  a produção documental contemporânea. 

METODOLOGIA

Ao longo do curso, as aulas entrelaçam 3 grandes eixos de informação: uma história dos documentários; conceitos e princípios básicos da escrita de projetos e roteiros; desenvolvimento individual de projetos de documentário (Para quem se disponha a fazê-lo)

Os grandes momentos da história do documentário serão analisados através de filmes representativos de um movimento, de um determinado autor, e/ou, de um movimento da história do documentário. 

Textos analíticos (críticas, entrevistas e ensaios) reforçam a análise da cada filme.

AULAS E DATAS 

:: Aula 1 Dia 03/09 - 3a feira - das 19h às 22h
PRIMÓRDIOS
Discussão do conceito de documentário. As muitas definições são sempre comparativas com os filmes de ficção. (Non-fiction film) Essa oposição é bastante discutível e questionável desde os primórdios da história do cinema. Documentário também é construção de linguagem cinematográfica.

:: Aula 2 Dia 10/09 - 3a feira - das 19h às 22h
A ESCOLA INGLESA
Anos 20/30. O cinema de John Grierson busca uma finalidade social, uma educação pública através do Cinema. O cinema como poderoso instrumento na difusão de valores cívicos e na formação da cidadania. Para Grierson, a realidade essencial e subjacente depende de um trabalho de elaboração.

:: Aula 3 Dia 17/09 - 3a feira - das 19h às 22h
NOVAS TÉCNICAS, NOVAS LINGUAGENS E ESTILOS
O advento do cinema falado. O gravador Nagra sincroniza e torna direta a captação de imagem e som. A entrada das câmeras de vídeo, pequenas, leves e de fácil manuseio no final dos 70 e início dos 80. As novas tecnologias digitais. 

:: Aula 4 Dia 24/09 - 3a feira - das 19h às 22h
CINEMA DIRETO/CINEMA VERDADE
Câmeras leves na mão e gravador Nagra: inovações tecnológicas ampliam a linguagem cinematográfica. 
Cinema Direto: a observação como postura (estratégia) de apreensão do real e construção da dramaturgia. 
Cinema Verdade: a observação participante usando-se a câmera como elemento provocador de situações reveladoras. O diretor é um participante assumido, provoca a “crise “.

:: Aula 5 Dia 01/10 - 3a feira - das 19h às 22h 
OS DOCS CONTEMPORÂNEOS BRASILEIROS: DISPOSITIVOS NARRATIVOS
Anos 90, os docs ganham visibilidade: barateamento das câmeras digitais; aumento dos Editais Públicos; criação de festivais específicos sobre o gênero; incremento de teses e publicações especializadas, entre outros motivos. Tendências dos documentários contemporâneos.

O dispositivo como estratégia narrativa e provocador de acontecimentos. Trata-se de uma maquinação e ativação do real, para potencializar a narrativa do filme. Dispositivos temáticos, de tempo, geográficos, imposição de regras e elementos restritivos.

:: Aula 6 Dia 08/10 - 3a feira - das 19h às 22h
DOCS DE BUSCA E DE ACOMPANHAMENTO/CONVÍVIO
O filme é o próprio processo de pesquisa para se fazer o filme. O diretor se posiciona na perspectiva do público que vai aprender e descobrir. A busca incorpora o acaso. O roteiro de filmagem define-se simultaneamente ao próprio processo de filmagem.

O tempo e a convivência “roteirizando” o filme. Observação e interação moldando o processo e costurando a Narrativa. Processos interativos e altamente dialogais.

:: Aula 7 Di15/10 - 3a feira - das 19h às 22h
DOCS DE RESSIGNIFICAÇÃO DE ARQUIVOS
Os acervos de fotos e filmes pessoais, familiares e das instituições. Os arquivos digitalizados e a convergência digital. O remix e a ressignificação de imagens de arquivo. As muitas estratégias narrativas.

:: Aula 8 Di22/10 - 3a feira - das 19h às 22h
FICÇÃO/DOCUMENTÁRIOS 
O hibridismo de linguagens e gêneros cinematográficos é algo que acompanha a história do cinema desde seus primórdios. Nas últimas décadas essas fronteiras tornaram-se mais tênues ainda. Nos filmes híbridos imperam a incerteza, a (in)diferenciação, o diálogo sútil entre documentário e ficção.

SOBRE O PROFESSOR

Bebeto Abrantes é roteirista, diretor e editor-geral de inúmeras produções televisivas para canais abertos e à cabo do Brasil e do exterior, tais como: TV Globo, Canal Futura, GNT, Multishow, Discovery Kids, Animal Planet, Canal Brasil, TV Cultura, TV Escola, TV Brasil, SESC TV e outros. É também professor de roteiro em escolas do Rio de Janeiro e São Paulo. Como diretor fez o premiado documentário "Recife/Sevilha – João Cabral de Melo Neto", "Histórias de um Brasil Alfabetizado", documentário finalista do Japan Prize 2007, "TV – Quem Faz, Quem Vê", filmensobre a história da televisão brasileira, "Até Quando?" e "As Batidas do Samba". Roteirizou as Séries "7 X Bossa Nova", medalha de prata no New York Film Festival 2006; "Eco-Aventura: Amazônia" série de 5 episódios produzida para o Discovery Kids, finalista do Emmy Awards 2000 e "Danças Brasileiras", série de 13 episódios com o dançarino e músico Antônio Nóbrega, semi-finalista International Emmy Awards 2005. É criador e roteirista do projeto "3 Antonios & 1 Jobim", que reuniu em ontológico encontro, o maestro Tom Jobim, e os não menos renomados: Antonio Callado, Antonio Houaiss e o crítico paulista Antonio Cândido.
*Professor do FILMWORKS - RJ  

POLÍTICA DE CANCELAMENTO

Pedimos que leia com atenção nossa Política de Cancelamento ANTES de se inscrever:

As oficinas, palestras, cursos e workshops que realizamos, são independentes e sem patrocínio. Os custos são 100% pagos pelos ingressos. Por essa razão, os cancelamentos de última hora podem comprometer a viabilidade da realização.

Caso haja a necessidade de cancelamento por parte do aluno, reembolsamos o valor total pago por este curso até 10 dias corridos antes da primeira aula do curso.

A partir de 10 dias corridos antes da data marcada para o início do curso, não será mais reembolsado nenhum valor e também não haverá possibilidade de crédito integral para outras turmas. O que podemos oferecer, neste caso, são duas alternativas opcionais e não cumulativas: a) você poderá repassar sua vaga para outra pessoa, sendo este repasse de sua inteira responsabilidade, devendo informar apenas os dados da pessoa que o substituirá no curso à organização; OU b) você poderá receber um desconto de 15% na sua inscrição em uma próxima turma deste curso.

O curso poderá não acontecer, caso não consigamos o número mínimo de pessoas inscritas para a realização do programa. Neste caso, você receberá retorno de 100% do valor pago.

Sobre o produtor

Interseção | Ideário Coletivo

Somos um pequeno grupo de mentes, pensando nos modos, tantos e tão diversos, de se contar histórias. Ao contá-las, nosso desejo é de que outras muitas histórias possam se conectar com a nossa e que, a partir dessa conexão, nasça uma comichão, uma vontade insana, incontrolável de sermos humanos melhores. O que nos motiva? Descobrir histórias incomuns para contar, por todo canto, em conjunto.

Local

Diadorim
Rua Paissandu, 93, 701, Flamengo
Rio de Janeiro, RJ

Ver mapa

Login

Esqueceu sua senha? Clique aqui.

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.