App Sympla
Baixe agora

Bruna Moraes | 12.10 | Teatro Bruta Flor

O evento já encerrou...

Ver evento

explore outros eventos como esse

Evento encerrado

Bruna Moraes | 12.10 | Teatro Bruta Flor

Teatro Bruta Flor - São Paulo, SP
12 de outubro de 2019, 21h-23h

Ingressos

Antecipado
R$ 20,00  (+ R$ 2,50 taxa)
em até 4x R$ 6,05
Vendas até 12/10/2019
Encerrado

Descrição do evento

Bruna Moraes faz homenagem às mulheres compositoras no show “Ela”

Em duo com o violonista Marcus Teixeira, a cantora reverencia as suas principais influências

A música “Ela”, que está no álbum “Tardes Cariocas”, de Joyce Moreno, batiza o nome do show da cantora, compositora e poetisa Bruna Moraes em parceria com o violonista Marcus Teixeira, que será realizado no dia 12/10, às 21h, no Teatro Bruta Flor. Após lançar em abril de 2019 “Nua”, seu segundo disco autoral, Bruna deseja homenagear grandes mulheres do mundo da música, cantoras que a ajudaram a desenvolver a sua arte, como Rosa Passos, Rita Lee, Fátima Guedes, Simone Guimarães, Sueli Costa, Adriana Calcanhoto e a própria Joyce.

 “A ideia é agradecer a todas essas cantoras e compositoras que eu admiro”, explica Bruna, 24 anos. Bruna começou a estudar violão aos 10 anos, na escola de seu bairro, a Mooca. E, aos 12, entrou para o ULM, atual Emesp Tom Jobim. Sua habilidade com o instrumento e sua força em cantar rapidamente chegaram aos ouvidos do cantor Zé Luiz Mazziotti, que se tornou padrinho musical da artista. “O Zé me levou para conhecer pessoalmente o Guinga e a Fátima Guedes. Ele me levou para jantar com a Leny Andrade. Tudo isso quando eu tinha 14 para 15 anos. A minha vida desabrochou nesse período”, explica.

Não é para menos que essa composição foi escolhida para dar título ao show. Em primeiro lugar, sua letra, feita em parceria de Joyce com Mario Adnet, revela o quão importante é o papel da música na vida de uma artista, na alegria e na dor. “É tão bom ver que Ela me ilumina e me faz a minha vida valer”, canta Joyce. Aos 14 anos, Bruna Moraes subiu pela primeira vez num palco, para cantar com a Orquestra Jovem Tom Jobim, e sentiu na pele esses versos.

O violonista Marcus Teixeira foi professor de Bruna no tempo de ULM. “A Bruna chegou na aula de prática de conjunto com grande energia, já cantando muito”, lembra o músico. “Ela já cantava e interpretava de forma completamente diferente, com uma voz linda, afinação perfeita, muito madura”, afirma. Teixeira, aliás, tem a sua própria definição sobre o show “Ela”. Como violonista, ele já tocou com cantoras como Gal Costa, Rosa Passos e Leny Andrade. “Eu vejo a música sob uma perspectiva feminina, uma energia feminina, no que diz respeito à essência das coisas”, diz

Geração Z – Bruna Moraes nasceu em 14 de março de 1995, em São Paulo. Com 10 anos, ela começou a estudar violão. Incentivada pelo pai, entrou na então ULM, hoje Emesp Tom Jobim, aos 12 anos. Aos 14 anos, Bruna subiu pela primeira vez em um palco para cantar “Chega de Saudade” (João Gilberto), acompanhada pela Orquestra Jovem Tom Jobim, no Memorial da América Latina. Gravou “Olho de Dentro”, seu primeiro disco autoral, em 2014. Em 2015, foi desclassificada do programa The Voice Brasil, mas saiu vitoriosa de diversos festivais de música. É poetisa, tem profundo amor às letras. A cantora participou do musical “Gonzaguinha – O Eterno Aprendiz”, em 2018, no Rio de Janeiro. Nas horas vagas, ama beber café e, como todo jovem da Geração Z, jogar videogame.

Sobre o produtor

Teatro Bruta Flor

Local

Teatro Bruta Flor
Rua Augusta, 912, Sala 12, Cerqueira César
São Paulo, SP

Ver mapa

Login

Esqueceu sua senha? Clique aqui.

Recuperar senha

Confira seu e-mail

O endereço indicado receberá um e-mail com instruções de como criar uma nova senha.

Criar conta

Ao me cadastrar, concordo com os Termos de uso e Política de privacidade da Sympla

Confira seu e-mail

Acesse seu e-mail e clique no link de confirmação.